04/08/2022 14:01

Alimentação Adequada e Saudável faz bem pra você, pra sociedade e pro planeta

Conheça pontos positivos que vão além dos benefícios para a saúde

Is allowance instantly strangers applauded

A alimentação está entre um dos principais pilares da saúde. Os  alimentos são a maior e melhor fonte de nutrientes essenciais para o bom funcionamento do corpo e, consequentemente, contribuem para uma maior qualidade de vida e bem-estar. Por esse motivo é tão importante ter uma alimentação adequada e saudável. É a partir desse hábito que começa a prevenção de doenças como: hipertensão arterial, diabetes, obesidade, câncer, entre outras.

Uma alimentação adequada e saudável, com base nas recomendações do Guia Alimentar para a População Brasileira, produzido pelo Ministério da Saúde, orienta que se dê sempre preferência aos alimentos in natura ou minimamente processados e às preparações culinárias no lugar dos alimentos ultraprocessados. Sendo que os alimentos in natura ou minimamente processados, em grande variedade e predominantemente de origem vegetal, devem ser a base da alimentação.

Os alimentos in natura ou minimamente processados podem ser incluídos nas três principais refeições do dia: café da manhã, almoço e jantar. Com relação ao café da manhã, a variedade é grande, incluindo o consumo de preparações à base de cereais ou de tubérculos e o consumo de ovos. As combinações devem refletir a variedade e preferências regionais exemplificadas como a inclusão do cuscuz e da tapioca. Conheça algumas opções de cardápio:

Já no almoço e no jantar, o Guia Alimentar para a População Brasileira incentiva que a combinação de arroz e feijão esteja sempre presente. Os legumes e as verduras podem ser inseridos no cardápio na maior variedade possível, incluindo a preparação de diversas formas aumentar e diversificar o consumo desses alimentos (crus em saladas ou em preparações cozidas ou refogadas) e as frutas podem entrar nas saladas ou como sobremesa.

Além de beneficiar a saúde, você sabia que optar pela comida de verdade também garante impactos positivos em outros aspectos? O consumo de arroz, feijão, milho, mandioca, batata e vários tipos de legumes, verduras e frutas tem como consequência natural o estímulo da agricultura familiar e da economia local.

Impacto na cultura e nas relações sociais

Como lembra o Guia, seres humanos são seres sociais e o hábito de comer em companhia está impregnado na sua história. Compartilhar o comer e as atividades envolvidas neste ato é um modo simples e profundo de criar e desenvolver relações entre pessoas. Dessa forma, comer é parte natural da vida social. É também um traço da cultura, afinal existem pratos típicos e receitas de família que são passadas de geração em geração, formando a identidade de um povo.

A comida de verdade beneficia a vida em família. Isso porque as preparações culinárias envolvem várias etapas que podem ser compartilhadas pelo núcleo familiar. Além disso, o ato de sentar à mesa para fazer a refeição com calma e atenção também está mais relacionado ao consumo dos pratos feitos à base de alimentos in natura ou minimamente processados. 

No momento em que, no mundo inteiro, culturas alimentares tradicionais, baseadas no consumo de alimentos in natura ou minimamente processados, em preparações culinárias e em refeições compartilhadas, vêm perdendo espaço e valor, torna-se cada vez mais importante que as melhores tradições sejam preservadas.

Sobre o Guia Alimentar do Ministério da Saúde

Guia Alimentar para a População Brasileira é um instrumento para apoiar e incentivar práticas alimentares saudáveis no âmbito individual e coletivo. Foi feito para todos os brasileiros e brasileiras! Ele reúne um conjunto de informações e recomendações sobre alimentação que contribuem para a promoção da saúde de pessoas, famílias e comunidades e da sociedade como um todo, hoje e no futuro. Acesse agora para consultar todas as orientações e garantir mais saúde e qualidade de vida.

Fonte: Ministério da Saúde