28/06/2020 18:48

Amambai se mantém com 16 casos positivos de Covid-19 e 7 estão curados, informa governo municipal

Uma paciente 64 anos que morreu durante a madrugada desse domingo (28) é apenas suspeita de ter contraído a doença, informou o prefeito durante Live.

Is allowance instantly strangers applauded
O prefeito, Dr. Edinaldo Bandeira, durante Live na noite desse domingo (28) para atualizar os dados sobre a Covid-19 em Amambai. (Foto: Reprodução/A Gazetanews)

Vilson Nascimento

O município de Amambai se mantém com 16 casos positivos de Covid-19, dos quais 7 dos pacientes já estão recuperados da doença. 

A informação foi passada pelo prefeito do município, Dr. Edinaldo Bandeira, durante Live realizada na noite desse domingo, 28 de junho, com transmissão pelo Facebook e pelo Instagram da prefeitura local.

Segundo o prefeito, uma mulher de 64 anos, que morreu na madrugada desse domingo (relembre o caso clicando AQUI) que apresentava sintomas gripais, teve material coletado e enviado para teste de laboratório em condição de suspeita, ou seja, só o exame laboratorial vai indicar se ela era ou não portadora do novo coronavírus.

Segundo Dr. Bandeira, o município aguarda os resultados de 31testes enviados ao Lacen-MS e nesse domingo (28) a equipe da Vigilância Epidemiológica da Prefeitura de Amambai coletou amostras de mais 5 pacientes com suspeita de Covid-19 para a realização de teste laboratorial.

De acordo com o prefeito, mais alguns swab deverão ser coletados junto a comunidade indígena, já que uma pessoa indígena que passou por atendimento em uma unidade de saúde local apresenta sintomas que sugerem possível contágio pela doença.

Reveja AQUI a Live desse domingo

Alerta para prevenção

O prefeito de Amambai, Dr. Edinaldo Bandeira, reforça o alerta que, com esse repentino aumento de casos de Covid-19 no Estado, no País e agora no município, é fundamental importância de a população seguir à risca as medidas preventivas como o isolamento social, evitando aglomeração, fazer higienização frequente das mãos com água, sabão e álcool 70%, além de fazer o uso obrigatório de máscara e permanecer em casa quando possível. 

O aumento de casos do novo coronavírus também levou a administração municipal a discutir com CEC, a implantação de barreiras sanitárias para monitorar quem entra e sai da cidade, prática que já veem sendo realizada em outros municípios de MS.

Segundo o prefeito, a Secretaria Municipal de Saúde de Amambai trabalha na montagem das equipes e no plano de ação para colar as barreiras, que deverão ser montadas as entradas da cidade para quem chega de Caarapó, Tacuru e Ponta Porã, em atividade.

Fonte: A Gazetanews