02/04/2020 12:40

Secretária de saúde tira dúvidas sobre a vacinação contra a gripe em Amambai

Com o adiantamento da campanha em um mês e a chegada fracionada da vacina, em entrevista ao grupo A Gazeta, Dirlene Zanetti detalhou as medidas adotadas pela Secretaria de Saúde para atender o público-alvo.

Vilson Nascimento

Em entrevista à reportagem do grupo A Gazeta concedida nessa terça-feira, 31 de março, a secretária municipal de saúde, Dirlene Zanetti, esclareceu dúvidas da população em relação vacinação trivalente, contra influenza A (H1N1), influenza B e influenza A (H3N2).

A secretária de saúde, em Amambai, Dirlene Zanetti. Com a chegada fracionada da vacina, Secretaria teve que adotar estratégia de trabalho, mas todo o público-alvo será vacinado e dentro dos prazos, destaca ela. (Foto: Vilson Nascimento)

Com a antecipação da campanha em um mês por parte do Ministério da Saúde, o laboratório responsável pela produção não conseguiu atender a demanda e a vacina está sendo distribuída de forma fracionada para todo o País.

Amambai, por exemplo, recebeu até agora pouco mais de 2 mil das 22 mil doses que terá que receber até o final da campanha, no mês de maio.

Segundo Dirlene já foram imunizados os profissionais de saúde, como foi priorizado pelo Ministério da Saúde e nessa terça-feira (31), as equipes de imunizações dos postos de saúde passaram a vacinar à domicílio, pessoas portadoras de comorbidade. Os idosos abrigados pelo Lar do Idoso foram imunizados nessa terça-feira.

Assista a entrevista com a secretária Dirlene Zanetti

A secretária encerrou a entrevista fazendo um alerta para a necessidade da prevenção ao coronavírus.

 

Vacinadora do Posto de Saúde da Mangay durante imunização em sua área de atuação, inclusive aos abrigados pelo Lar do Idoso. (Fotos: Divulgação)
Equipe de imunização do Posto de Saúde da Vila Varocopa.
Equipe de imunização do Posto de Saúde da Vila Vilarinho.

Fonte: A Gazetanews