15/02/2020 00:12

Dia "D" da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo 2020 será neste sábado em Amambai

A Prefeitura de Amambai, através da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), deu na segunda-feira, 10 de fevereiro, a Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo 2020. De acordo com a SMS, a Campanha Nacional terá, como público-alvo, crianças a partir dos cinco anos de idade e jovens de até 19 anos de idade, seguindo até o dia 13 de março.

A campanha tem como objetivo a atualização da caderneta do público alvo da seguinte forma: se tiver duas doses, considerar vacinado; se tiver uma dose, deve tomar a segunda e se não tiver nenhuma ou não tiver nenhum comprovante, tomar uma dose e agendar a segunda com 30 dias de intervalo.

O Dia D será realizado neste dia 15 de fevereiro onde todas as Unidades Básicas de Saúde do município farão a vacinação durante todo o dia, entre 7h e às 11 horas e entre 13h e às 17 horas.

A meta é vacinar 2,6 milhões crianças na faixa prioritária e 13,6 milhões adultos. O Brasil recebeu o Certificado de Eliminação do Sarampo, emitido pela OPAS, em 2016, mas houve um surto da doença em 17 Estados em 2019. As informações são do Ministério da Saúde. O sarampo é uma doença infecciosa grave que é causada por um vírus e pode ser fatal.

A transmissão ocorre quando o doente tosse, fala, espirra ou respira e a única forma de evitar essa doença é por meio da vacinação. O sarampo é causado por um vírus altamente contagioso - 90?s pessoas sem imunidade que compartilham espaços com pessoas contaminadas contraem a doença. É transmitido através do contato com gotículas do nariz, da boca ou da garganta da pessoa infectada, quando ela tosse, espirra e respira.

Sintomas

Os sintomas do sarampo são febre acompanhada de tosse, irritação nos olhos, nariz escorrendo ou entupido e mal-estar intenso. Em torno de três a cinco dias, podem aparecer outros sinais e sintomas, como manchas vermelhas no rosto e atrás das orelhas que, em seguida, se espalham pelo corpo. Após o aparecimento das manchas, a persistência da febre é um sinal de alerta e pode indicar gravidade, principalmente em crianças menores de cinco anos de idade.

Balanço 2019

Em 2019, o Brasil ultrapassou a meta de cobertura vacinal da tríplice viral (sarampo, rubéola e caxumba) recomendada pelo Ministério da Saúde. No total, 99,4?s crianças de um ano de idade estão vacinadas no País. O resultado é o melhor dos últimos cinco anos, embora oito Estados e o Distrito Federal não tenham atingido a meta mínima, que é de 95%.

Fonte: Bruna Corrêa/DECOM