08/11/2019 20:30

Parcerias vai implantar terapia “Palhaço de Hospital” em Amambai

Desenvolvida pela ONG paraguaia Fundação Payasonrisa, a iniciativa trazida pela médica, Dra. Gabriela Bampi, vai capacitar voluntários nos dias 23 de 24 deste mês, em Amambai.

A médica, Dra. Gabriela Bampi, (segunda d) com os integrantes do Rotary Club, Toninho Adão e Ana Castillo e o diretor-administrativo do Hospital Regional, Paulo Sérgio Catto (d). Parceria vai possibilitar implantação do “palhaço de hospital”, em Amambai. (Fotos: Divulgação)

Vilson Nascimento

Uma parceria entre a Fundação Payasonrisa, uma organização não governamental com sede em Asunción, capital do Paraguai, o Rotary Clube e o Hospital Regional de Amambai (HRA), vai implantar, em Amambai, o “Palhaço de Hospital”.

A ação, semelhante ao “Doutores do Riso”, existente no Brasil, chega ao município por iniciativa da médica cirurgiã amambaiense, hoje professora do curso de medicina na UPAP (Universidade Politécnica e Artística do Paraguai) em Pedro Juan Caballero, Dra. Gabriela Bampi Paixão.

Segundo Dra. Gabriela é comprovado cientificamente que o riso ajuda na recuperação da saúde dos pacientes, trazendo sensação de bem-estar físico e emocional a pessoas em situação de enfermidade, ajudando na recuperação de pacientes hospitalizados, sejam eles, crianças, adultos ou idosos.

De acordo com Dra. Gabriela, que é voluntária da Fundação Payasonrisa em Ponta Porã e Pedro Juan Caballero, em Amambai, além de unidade hospitalar, a meta é envolver os palhaços de hospital em ações junto à sociedade, apoiando e participando de atividades como campanhas de vacinação, mutirão de saúde e todo tipo de atividades relacionadas à área da saúde.

Segundo Dra. Gabriela, em Amambai a Fundação Payasonrisa, que em Asunción conta com cerca de 450 membros e em Pedro Juan Caballero/Ponta Porã com 105 integrantes, terá um limite de 30 membros, entre palhaços de hospital e colaboradores com a parte da logística da ação.

Capacitação dias 23 e 24 de novembro

Em Amambai a capacitação dos voluntários a se tornarem palhaços de hospital vai acontecer nos dias 23 e 24 de novembro.

No sábado, dia 23, o treinamento, que acontecerá na sede do Rotary Club, próximo a Capela Rainha dos Apóstolos, terá início a partir das 13 horas e vai ensinar como ser palhaço de hospital, abordando temas como a psicologia do palhaço de hospital, biossegurança, terapia do riso, diretrizes hospitalares, psicologia de um palhaço terapêutico, jogos e o que fazer para atrair a atenção dos pacientes e envolve-los nas brincadeiras, entre outros aprendizados.

No domingo, dia 24 de novembro, a capacitação, que nas duas etapas será ministrada pela especialista da Fundação Payasonrisa, Dra. Tamara Djundi, que virá da capital paraguaia exclusivamente para aplicar o treinamento aos voluntários, em Amambai, terá início a partir das 9h com treinamento prático no HRA.

Como ser voluntário

De acordo com Dra. Gabriela Bampi, para ser voluntária da Fundação a pessoa deverá ter de 18 anos acima, sem limite de idade, e recolher uma taxa (valor à definir) que será cem por cento revertida à Fundação Payasonrisa para custeio das ações da ONG.

Maiores informações sobre como participar da capacitação e integrar o trabalho voluntário Palhaço de Hospital, poderão ser obtidas com a própria Dra. Gabriela Bampi pelo celular/WhatsApp (67) 99946-9293, com a voluntária do Rotary Clube, em Amambai, Ana Castillo, pelo fone (67) 99251-6068 ou na Farmácia Bampi, em Amambai, com a Sandra Bampi.

Voluntários atuando em ação, em Ponta Porã. Capacitação da Fundação Payasonrisa em Amambai vai acontecer nestes dias, 23 e 24 de novembro. 

 

 

 

 

 

Fonte: A Gazetanews