04/07/2022 07:18

Exportações de fertilizantes do Egito sobem 33%

As exportações de plásticos ficaram em segundo lugar

As exportações das indústrias químicas e de fertilizantes do Egito acabaram registrando um aumento de 33%, para um recorde de US$ 3,5 bilhões durante os primeiros cinco meses de 2022, segundo informações do Conselho de Exportação de Indústrias Químicas e Fertilizantes divulgadas pela GlobalFert. Os dados estão em comparação com US$ 2,6 bilhões no mesmo período do ano passado, revelaram os dados oficiais mais recentes.

“O setor químico e de fertilizantes respondeu por cerca de 22% do total das exportações não petrolíferas do Egito. Seguiu-se o sector dos materiais de construção, que representou 20 por cento do total das exportações, com um valor de cerca de 3,2 mil milhões de dólares. De acordo com dados oficiais, a maior parte das exportações do setor teve aumentos em proporções variadas”, diz a GlobalFert, citando a Arab News.

Esmiuçando, os fertilizantes ficaram em primeiro lugar, com um volume estimado de exportação de US$ 1,16 bilhão, comparado a US$ 768 milhões no mesmo período do ano passado, com uma taxa de crescimento de 51%.  Além disso, os plásticos também foram lembrados pelo estudo, assim como os produtos químicos inorgânicos.

“As exportações de plásticos ficaram em segundo lugar, com exportações estimadas em US$ 1,09 bilhão, um aumento de 12% em relação ao mesmo período do ano passado, quando as exportações totalizaram cerca de US$ 970 milhões. Em terceiro lugar vieram os produtos químicos inorgânicos, que tiveram um aumento notável no volume de suas exportações em 144%, passando de US$ 225 milhões para US$ 550 milhões”, completa.

Fonte: Agrolink