03/12/2021 06:17

Soja tem altas nos preços e mais volumes são negociados

Nesse contexto, os preços voltam a subir cerca de R$ 3,00/saca em Paranaguá

Is allowance instantly strangers applauded

Mercado da soja do Rio Grande do Sul segue em ritmo de final de ano, lento com produtor vendendo da mão para a boca, de acordo com informações que foram divulgadas pela TF Agroeconômica. “No entanto, nada muito expressivo, com volumes escoados chegando próximos a 10.000 toneladas. Quanto aos preços de pedra, ocorreu uma pequena alta de R$ 1,00, indo novamente a R$ 157,00, a tendência prevista na segunda-feira, no entanto permanece sendo verdadeira, que é de queda para todos os mercados”, comenta. 

Em Santa Catarina os preços continuam movimento de subida com ganho de R$ 4,00/saca. “De  forma  inesperada,  os  preços  em  Santa  Catarina seguem  se  valorizando  e  já  encontram  o  topo  de semana  passada,  onde  alguns  negócios  foram efetuados,  com  volumes  tão  pequenos  disponíveis nas  regiões  do  Estado;  qualquer  incentivo  gera mudança  considerável  de  preços.  As  cotações  chegaram  a  R$  171,00/saca  para  pagamento  no  final  de  janeiro, ontem já havia claro sinal dessa valorização considerando que alguns negócios saíram acima dos preços médios do mercado”, completa. 

Nesse contexto, os preços voltam a subir cerca de R$ 3,00/saca em Paranaguá. “Após  obviamente  atingir  um  fundo  como  os  demais Estados analisados  por nós, Paraná volta a demonstrar bons  retornos  para  seus  principais  polos  exportadores. O interior ainda segue parado, com isso se devendo em especial a falta de interesse de mercado nas regiões em que os agricultores estão muito mais preocupados com o campo após as boas chuvas ocorridas na semana passada. Os preços em Paranaguá subiram em R$ 3,00/saca. Em Ponta Grossa acompanharam subindo em R$ 2,00/saca”, conclui. 

 

Fonte: Agrolink