23/02/2021 07:02

Mercado internacional da soja tem margens negativas

Nos mercados de origem, os prêmios da soja brasileira caíram ainda mais

Is allowance instantly strangers applauded

Nos mercados internacionais da soja à vista, a demanda chinesa permaneceu quieta, já que as margens de esmagamento foram amplamente negativas, segundo informações divulgadas pela TF Agroeconômica. “Os prêmios em dinheiro com base no CFR China ficaram estáveis na curva na segunda-feira, com os embarques de grãos brasileiros em abril ofertados em torno de 160-162 c/bu  sobre os futuros de maio versus nenhuma oferta firme”, comenta a consultoria.

“O  marcador  APM-6  CFR  China  para  remessa  de  abril  da opção  mais  barata  permaneceu  inalterado  em  155  c/bu sobre o  futuro  de  maio, equivalente a  $ 567/t,  flatlining da avaliação anterior. Para a soja dos EUA, os prêmios na base CFR China foram oferecidos  mais  elevados  devido  a  preocupações  com  o ritmo lento de carregamento do Golfo, causado pelo frio extremo, bem como pelo aumento das taxas de frete. O embarque de março para fora do Golfo foi visto a 275 c/bu sobre o futuro de março, enquanto os embarques de abril e maio foram oferecidos a 255 c/bu sobre o  futuro de maio”, completa.

Nos mercados de origem, os prêmios da soja brasileira caíram ainda mais em meio à desvalorização do real com o embarque em março no mercado de papel de Paranaguá com um desconto de 4 c/bu para os futuros, enquanto as ofertas foram feitas com um desconto de 15 c/bu. “No entanto, o resto da curva ficou estável no dia, mas o lance  e  o  spread  da  oferta  permaneceram  em  8-15 centavos”, indica. 

“Nos EUA, os prêmios FOB ficaram imunes ao clima severo na  parte  sul  do  país,  com  os  embarques  de  março  no Golfo avaliados em 82 c/bu em relação ao março futuro, equivalente a $ 536,75/t”, conclui. 

 

Fonte: Agrolink