22/09/2020 06:24

Confira como estão os preços do milho

Em Santa Catarina preços continuam a R$ 65,00/saca

Is allowance instantly strangers applauded

No Rio Grande do Sul, o preço de exportação subiu 2 reais/SC para R$ 62,50, de acordo com a T&F Consultoria Agroeconômica. “Mercado continua lento, com pedidas cada vez maiores. Negócios acontecendo ao redor de R$ 62,50 saca para outubro. Região central do estado girando um pouco abaixo ao redor de 61,50/saca”, comenta.

Em Santa Catarina preços continuam a R$ 65,00/saca. “Sem muito milho disponível no estado, as fábricas de ração e indústrias de carne se abastecem cada vez mais com milho vindo do Mato Grosso do Sul. Os preços do milho local permaneceram a R$ 63,00no Alto Vale do Itajaí, recuaram R$ 1,00/saca para R$ 62,00 em Campos Novos e permaneceram a R$ 58,00 em Canoinhas e Chapecó. Em Concórdia e Joaçaba os preços mantiveram a alta do dia anterior a R$ 65,00. Em Mafra subiram R$ 0,50 para R$ 61,50/saca”, completa. 

No Paraná, o preço chegou a R$ 62,50/saca em Paranaguá, nesta segunda-feira. “Já no mercado de lotes, os negócios no spot praticamente desapareceram, com pouquíssimas ofertas. Nos Campos Gerais, região de Ponta Grossa, mercado de lotes spot manteve os R$ 55,00 posto fábricas, para entrega e pagamento em setembro e outubro. No Norte do estado, preço spot entre R$ 56,00 e R$ 58,00, dependendo do local. No Oeste ao redor de R$ 56,00/ saca. Na Ferroeste, em Cascavel, preços de R$ 58,00, conforme o mês de entrega e pagamento. Na Ferrovia, de Maringá, preços ao redor de R$ 51,60/saca para 2020 e R$ 47,20 (48,00) para 2021”, informa. 

“Já os milhos importados do Paraguai chegariam ao Oeste do Paraná ao redor de R$ 60,93 (61,64); ao Oeste de Santa Catarina ao redor de R$ 72,63 (72,32) e ao Extremo Oeste de SC ao redor de R$ 74,25/saca (73,93)”, conclui. 

 

Fonte: Agrolink