30/06/2020 06:41

Soja brasileira mantém trajetória de alta

Não houve movimentação significativa de compras no último dia de feriado na China

Segundo apurou a pesquisa diária do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, da USP), os preços da soja no mercado físico brasileiro fecharam a segunda-feira (29.06) com preços médios da soja nos portos do Brasil sobre rodas para exportação caindo 0,24% nos portos, para R$ 114,71/saca (contra R$ 112,67/saca do dia anterior). Com isto o ganho acumulado nos portos neste mês ficou em 6,70%.

A T&F Consultoria Agroeconômica aponta que no Rio Grande do Sul, os preços subiram levemente, nesta segunda-feira, com reação da indústria local: “Apesar da queda do Dólar o preço da soja para exportação sobre rodas no porto gaúcho de Rio Grande subiu 0,70 centavos/saca para R$ 115,70/saca. No interior, os preços permaneceram inalterados em R$ 111,50/saca em Cruz Alta e Ijuí e subiram cinqüenta centavos/saca para R$ 112,00 (reação da indústria local) em Passo Fundo, com a disputa entre exportadores e indústrias”.

No Paraná, o mercado de balcão para os agricultores subiu um real/saca, para R$ 98,00/saca nesta sexta-feira na região dos Campos Gerais. “Na mesma região, no mercado de lotes, os preços subiram mais 1 real/saca para R$ 114,00, FOB Ponta Grossa, para entrega agosto e pagamento final de agosto”, informa a T&F. 

No interior da região dos Campos Gerais, o preço subiu 1 real/saca para R$ 112,00 para entrega e pagamento final de agosto. Para abril/abril de 2021 o preço permaneceu inalterado em R$ 102,00 em Ponta Grossa. Para exportação, em Paranaguá, os preços permaneceram inalterados em R$ 116 para entrega e pagamento em agosto.

CHINA

Ainda de acordo com a T&F, não houve movimentação significativa no último dia de feriado na China. “Os prêmios FOB da soja brasileira voltaram a subir mais 2 cents nesta segunda-feira, diante do aumento dos fretes. Mas, não houve negócios conhecidos no mercado de Paper de Paranaguá. Os prêmios CIF China da soja brasileira continuam um pouco acima dos preços dos EUA e da Argentina. De resto, com o feriado entre a última quarta-feira e esta segunda-feira na China os mercados estiveram parados”, concluem os analistas da T&F.

Fonte: Agrolink