29/05/2020 18:43

Plataforma do Senar disponibiliza gratuitamente cartilhas a produtores e trabalhadores rurais

Is allowance instantly strangers applauded

O isolamento social durante a pandemia do coronavírus no Brasil fez alavancar a busca por qualificação, conhecimentos de uma forma geral, no formato on-line. O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) já ofertava cursos na modalidade e aproveitou o momento para difundir ainda mais a Estante Virtual, uma plataforma que disponibiliza gratuitamente coleção de cartilhas aos produtores e trabalhadores rurais. Este é o tema da editoria Educação no Campo desta quarta-feira (06).

“A missão do Senar é compartilhar conhecimento e o material digital, além de mais acessível neste período em que a população está em quarentena, faz com que sigamos no foco e com o objetivo de difundir informações, contribuindo diretamente para a melhoria da produção agropecuária em Mato Grosso do Sul e em todo o Brasil”, explica a gerente da unidade educacional, Luciana Beretta.

São 150 cartilhas categorizadas a partir das cadeias produtivas: agroindústria, apicultura, aquicultura, avicultura, bovinocultura, cafeicultura, produção vegetal, equideocultura, fruticultura, gestão e empreendedorismo; grãos, fibras e oleaginosas, horticultura, ovinocaprinocultura, piscicultura e silvicultura.

 O material dá destaque para a inovação, priorizando temas como tecnologia, uso de drones, agricultura de precisão e formas de irrigação.

No espaço, também é possível acessar conteúdo sobre sistemas integrados de produção, construções rurais, saúde e segurança no campo.

Acesse a Coleção: https://www.cnabrasil.org.br/senar/colecao-senar

Confecção de Máscaras de Proteção

A mais recente capacitação no portfólio do Senar é o curso online ‘Confecção de Máscaras de Proteção’. O objetivo é ajudar pessoas do meio rural e profissionais da área a se protegerem contra o novo coronavírus.

São duas horas de aula e os participantes contam com a ajuda de monitores, disponíveis via chat, para esclarecer dúvidas referentes ao ambiente de estudos.

O curso segue recomendações de proteção de acordo com as orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Fonte: Assessoria Famasul