19/03/2020 19:48

Minhocas ajudam a aumentar rendimento das culturas

Minhocas degradam os resíduos de forma rápida

Um projeto no Zimbábue está promovendo o uso de minhocas para permitir que pequenos agricultores do país melhorem a fertilidade do solo e aumentem a produção agrícola. As minhocas comem resíduos orgânicos e suas fezes, mais potentes que o composto comum, são usadas para melhorar a fertilidade do solo, de acordo com Ephraim Whingiri, diretor executivo da Zim Earthworm Farms (ZEF). 

A ZEF fez campanha no mês passado (26 de agosto) na capital Harare e até agora treinou 100 agricultores para usar a tecnologia de minhocas. Especialistas dizem que o aumento da degradação e da infertilidade do solo levou a uma queda maciça na produção de alimentos no país, exigindo intervenções para impulsionar a agricultura. 

"As tecnologias de conservação do solo melhoram a produtividade e ajudam os agricultores a alcançar maior produção", diz Whingiri. Ele explica que a tecnica de minhocas é barata e pode aliviar a pobreza, acrescentando que sua organização está treinando pequenos agricultores para criar minhocas como uma atividade geradora de renda. 

De acordo com ele, essa técnica pode abordar os dilemas de gerenciamento de resíduos e segurança alimentar no país “A tecnologia de minhocas é economicamente viável, sustentável e socialmente aceitável. Toda casa possui resíduos de animais, de alimentos e de campo, que, se compostados e inoculados com minhocas, podem se tornar um rico biofertilizante. 

De acordo com Emmanuel Chikwari, chefe interino do Ministério da Agricultura, Instituto de Mecanização e Irrigação do Zimbábue do Instituto de Pesquisa Química e do Solo, as minhocas degradam os resíduos mais rapidamente do que os sistemas convencionais. 

Fonte: Agrolink