20/12/2019 11:44

Amambai tem a 2ª melhor fábrica de ração e sal mineral do Estado, segundo avaliação do MAPA

Cem por cento adequada às normas, Coopersa recebeu nota 97,81 no quesito qualidade de produção em avaliação do MAPA.

Vilson Nascimento

A fábrica de rações e sal mineral da Coopersa (Cooperativa Agroindustrial Amambai) está na segunda colocação de Mato Grosso do Sul em cumprimento das normas e qualidade de produção, na avaliação do MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento).

A sede da Coopersa, na cidade conta inclusive com uma surtida farmácia veterinária. (Fotos: Vilson Nascimento)

Em vistoria realizada pelo órgão federal, cujo resultado foi divulgado no final do mês passado (novembro), a Coopersa recebeu nota 97.81, praticamente um empate técnico com a primeira colocada, uma empresa de Campo Grande.

Para chegar à avaliação próxima a excelência por parte do órgão federal, a Coopersa, que tem na presidência o produtor rural Erny da Silva Agostini, teve que realizar altos investimentos em todos os setores, desde a industrialização, até a adequação das instalações, de estoque, armazenagem e destinação da produção industrial, além de adequar uniformes dos funcionários e inclusive setores como implantação de coleta seletiva de material reciclável, até a adequação do refeitório, inclusive com área exclusiva para fumantes.

Nessa quinta-feira, 12 de dezembro, acompanhada pela gerente da cooperativa, Simone Marssaro e pelo supervisor industrial, responsável pelo setor de produção da cooperativa, Bolívar Ernst Eick, a reportagem do grupo A Gazeta realizou uma visita às instalações da indústria e conheceu de perto o sistema de produção e as adequações organizacionais modelo que a fábrica implantou para chegar à segunda colocação no Estado na avaliação do MAPA.

A Coopersa

Genuinamente amambaiense, a Cooperativa Agroindustrial Amambai (Coopersa) nasceu no ano de 1993 com um grupo de 20 associados e tinha como objetivo produzir ração para suínos.

Com a entrada em recessão do setor de suinocultura no município, a cooperativa, que tinha sua sede na Rodovia MS-386, trecho que liga Amambai a Ponta Porã, região de acesso ao Sertãozinho, passou a atuar também no ramo de armazenagem de grãos.

Hoje, com mais de 250 associados, a Coopersa, que em dezembro do ano passado (2018) mudou a parte administrativa para instalações próprias no centro da cidade, em Amambai, vem ganhando espaço e já está entre as grandes empresas do setor no mercado.

A fábrica própria de ração produz para comercialização rações para bovinos, suínos, ovinos, equinos e frango e também sal mineral, também para fins de comercialização.

Há seis meses a sede da Cooperativa, instalada na cidade, também passou a contar com uma ampla farmácia veterinária, oferecendo aos clientes produtos para grandes, médios e pequenos produtores, com preços atrativos. 

Segundo a gerente Simone Marssaro, associados à Coopersa têm descontos nos produtos adquiridos junto à cooperativa.

Nas fotos abaixo, setores da indústria da cooperativa. Fábrica de rações e sal mineral da Coopersa está entre as duas melhores do Estado, segundo avaliação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

 

Fonte: A Gazetanews