25/06/2019 19:09

Tomate muda de sexo e “quebra cabeças” de cientistas

Pesquisadores tentam descobrir como ele é capaz disso

Um novo estudo confirmou que uma espécie diferente de tomate com uma sexualidade "fluida" faz com que suas flores podem ser femininas, masculinas ou as duas ao mesmo tempo. Mas o mais estranho é que esta planta australiana muda sua expressão sexual de uma maneira imprevisível.  

Os autores do estudo, de universidades da Austrália e dos Estados Unidos, denominaram o tomate Solanum plastisexum. A primeira palavra, Solanum, que se refere ao gênero da planta, é a mesma das beringelas e batatas. E a segunda parte do nome, plastisexum, é um termo derivado do grego e latim que poderia ser traduzido como "sexo mutável".  

85?s plantas têm flores que são bissexuais, ou seja, que têm na mesma flor os órgãos masculinos e femininos, explicou Chris Martine, um pesquisador da Universidade Bucknell, na Pensilvânia, Estados Unidos, e um dos autores do estudo. E os 15% restantes apresentam todos os tipos de possibilidades, incluindo flores ou plantas unissexuais que são completamente masculinas ou femininas. 

"Para nós, o nome da planta não apenas reflete a diversidade das formas sexuais dessa espécie. É também um reconhecimento de que esta planta é um modelo da fluidez sexual presente no Reino Vegetal, no qual todo tipo de forma reprodutiva imaginável está presente”, escreveram os autores no estudo publicado na revista PhytoKeys. 

Para os autores do estudo, o tomate silvestre da Austrália representa além disso um teste que para tentar reconhecer características sexuais "normais" nos seres vivos do planeta, o que é problemático. 

Fonte: Agrolink