25/05/2022 08:59

Com apoio da prefeitura, mulheres de Caarapó participam da Caravana ‘Brasil para Elas’ em Campo Grande

Mulheres do Projeto Maria Maria, iniciativa da prefeitura de Caarapó na área de ocupação e geração de renda, e da Associação de Arte e Artesanato Vale da Esperança (AAAVE) participaram no último dia 21 da Caravana Brasil para Elas, evento realizado em Campo Grande. A Capital de Mato Grosso do Sul foi a primeira de dez cidades que vão receber cursos, capacitações, ofertas de crédito e palestras, até o fim de junho, de estímulo à profissionalização feminina.

A Caravana Brasil para Elas – segundo noticiou a Agência Brasil - é uma iniciativa do Ministério da Economia, por meio da Secretaria Especial de Produtividade e Competitividade, em parceria com entidades do Sistema S, como o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), o Serviço Social da Indústria (Sesi), além dos bancos públicos, Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil.

O objetivo é realizar mutirões de empreendedorismo, ofertando soluções para as mulheres (que já empreendem ou querem empreender), com a finalidade de gerar renda e liberdade econômica, por meio da oferta de cursos e serviços gratuitos, tais como: abertura de conta bancária, formalização de empresas e fomento às redes locais de empreendedorismo.

A participação das representantes de Caarapó se deu com apoio da prefeitura local. “Isso foi possível porque a prefeitura de Caarapó aderiu ao Cidade Empreendedora, do Sebrae, e os primeiros frutos já começamos a colher” disse o prefeito André Nezzi, destacando que o evento de Campo Grande permitiu às caarapoenses o acesso a diversos cursos profissionalizantes e os primeiros passos para o empreendedorismo e para começar o seu próprio negócio.

Os participantes do evento da Capital tiveram acesso aos workshops oferecidos, contendo dicas de maquiagem, técnicas básicas de design de sobrancelhas, costura criativa e introdução à fabricação de produtos de panificação, além de palestras sobre composição e preços de produtos e dicas de atendimento ao público e estratégias de vendas.

 

Fonte: Dilermano Alves/Assessoria Prefeitura