24/05/2022 12:28

Para melhorar a logística de escoamento Governo do Estado inicia restauração entre Aral Moreira e o Taji

Além deste trecho da MS-286, Estado já concluiu as pavimentações entre Laguna e a MS-386, entre Aral Moreira e Vila Marques e está relicitando a pavimentação da MS-165 entre Vila Marques e Coronel Sapucaia.

Restauração do trecho da MS-286 que liga Aral Moreira a MS-386 no Taji está sendo executada pelo Governo do Estado. Prazo de conclusão é até dezembro deste ano. (Fotos: Vilson Nascimento e Divulgação)

Vilson Nascimento

Com o objetivo de melhorar a logística de escoamento da produção agropecuária e fomentar o desenvolvimento, além, da qualidade de vida dos moradores de toda a região, o Governo do Estado está investindo elevados recursos em pavimentação e na recuperação de rodovias pavimentadas na fronteira, no Cone Sul de Mato Grosso do Sul.

Recentemente foi concluída a pavimentação do trecho da Rodovia MS-379 que liga Laguna Carapã a MS-386 (entre Amambai e Ponta Porã) e a pavimentação dos aproximados cinco quilômetros da MS-165, trecho da chamada “Sul-Fronteira”, ligando a cidade de Aral Moreira e o Distrito de Vila Marques.

Também já foi iniciada e está em andamento a restauração do trecho de 38 quilômetros da Rodovia MS-286 que liga a cidade de Aral Moreira a Rodovia MS-386 (entre Amambai e Ponta Porã), na região conhecida como Posto Taji.

A recuperação da rodovia, que segundo informou a empresa executora à reportagem do grupo A Gazeta, deverá ser concluída até dezembro deste ano (2022), teve início no sentido Aral Moreira ao Taji, mas segundo o prefeito Alexandrino Garcia, tanto a prefeitura quanto a empresa responsável estão buscando junto a Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimento), a autorização para o lançamento de uma nova frente no sentido Taji a Aral Moreira, tendo em vista que um trecho de aproximadamente 15 quilômetros da rodovia, entre o Taji e o Distrito de Rio Verde do Sul é o mais crítico no momento.

Sul-Fronteira e MS-386 entre Iguatemi e Japorã

A pavimentação da MS-386 entre Iguatemi e Japorã está em fase de conclusão, restando pavimentar apenas as proximidades de pontes. 

Atualmente o Governo do Estado mantém em andamento a pavimentação da Rodovia MS-165, trecho da Sul-Fronteira que liga Coronel Sapucaia a Paranhos pela linha internacional que separa Brasil e Paraguai e está relicitando, após a desistência de empresas, a mesma MS-165, na Sul-Fronteira, mas o trecho que liga o Distrito de Vila Marques, em Aral Moreira e a cidade de Coronel Sapucaia.

O Governo do Estado também já está concluindo (faltando apenas nas proximidades de pontes) a pavimentação da Rodovia MS-386, trecho que liga as cidades de Iguatemi a Japorã, passando pelo Distrito de Jacareí, uma importante rota de escoamento da produção da região para portos nos estados do sul do país e para a chegada de insumos e produtos industrializados para os municípios da faixa de fronteira, em Mato Grosso do Sul.

Pavimentação entre Amambai e Jutí

Projeto executivo já está em andamento, o recurso está disponível e a pavimentação da MS-289 entre Amambai e Jutí deverá ser licitada e lançada no segundo semestre deste ato pelo Governo do Estado. 

Outra obra apontada como de extrema importância para o desenvolvimento e para a economia da região, a pavimentação dos cerca de 80 quilômetros da Rodovia MS-289 trecho que liga Amambai a Jutí, também já teve o ponta é dado pelo Governo do Estado.

Fracionada em três lotes, fator que possibilitará a execução de três frentes de asfalto ao mesmo tempo, a elaboração do projeto executivo da obra já está em andamento, segundo a Agesul e as expectativas é que seja concluído até o final do mês de julho.

Segundo a Agesul o Governo do Estado já está com o recurso em caixa e assim que projeto executivo estiver concluído, deverá abrir a licitação para a contratação das empresas para a execução da pavimentação da rodovia, obra que deverá ter início no segundo semestre de 2022.

 

Fonte: A Gazetanews