27/10/2021 09:53

Câmara de Vereadores celebra Outubro Rosa em sessão especial em Tacuru

Is allowance instantly strangers applauded

Uma grande onda de mobilização tomou conta da Câmara de Vereadores de Tacuru na noite desta segunda-feira (25), quando foi realizada a sessão especial em alusão ao Outubro Rosa. A iniciativa da vereadora Cirlene Morais com apoio de todos os Vereadores reforçou a importância da prevenção ao câncer de mama e aos cuidados com a saúde da mulher.

A Câmara dos Vereadores de Tacuru e a Secretaria Municipal de Saúde estão de mãos e braços dados nesta ação. Certas atitudes necessitam de coragem e apoio, pois é uma luta de todos. O mês de outubro simboliza a importância da prevenção e do diagnóstico do câncer de mama. Se toque nesta causa!

A Presidente da Câmara Municipal, Cirlene Morais destaca que é de suma importância a conscientização e mobilização do Outubro Rosa. “Quero deixar o convite a todas às mulheres de Tacuru para que durante este mês procure a sua Unidade de Saúde, que pensem mais no seu corpo e na saúde dele, quanto antes o diagnóstico, maiores as chances do tratamento e da cura”.

Outubro Rosa

Conforme o Instituto Nacional de Câncer (INCA), o Movimento internacional de conscientização para o controle do câncer de mama, o Outubro Rosa, foi criado com o objetivo de promover a participação das mulheres nas ações de promoção, prevenção e detecção precoce para o controle do câncer de mama, aumentando as chances de cura e reduzindo a mortalidade, o movimento internacional de conscientização para o controle da doença, o Outubro Rosa foi criado no início da década de 90 pela Fundação Susan G. Komen for the Cure. A data é celebrada anualmente e busca compartilhar informações e promover a conscientização sobre a doença; proporcionar maior acesso aos serviços de diagnóstico, de tratamento e para contribuir para a redução da mortalidade. A campanha é simbolizada pelo laço cor de rosa, que representa a luta contra a doença.

O câncer de mama é segundo tipo que mais acomete brasileiras, representando em torno de 25% de todos os cânceres que afetam o sexo feminino, com risco estimado de 56 casos a cada 100 mil mulheres.

Os principais sinais e sintomas da doença são: caroço (nódulo), geralmente endurecido, fixo e indolor; pele da mama avermelhada ou parecida com casca de laranja, alterações no bico do peito (mamilo) e saída espontânea de líquido de um dos mamilos. Também podem aparecer pequenos nódulos no pescoço ou na região embaixo dos braços (axilas).

Não há uma causa única para o câncer de mama. Diversos agentes estão relacionados ao desenvolvimento da doença entre as mulheres, como: envelhecimento (quanto mais idade, maior o risco de ter a doença), fatores relacionados à vida reprodutiva da mulher (idade da primeira menstruação, ter tido ou não filhos, ter ou não amamentado, idade em que entrou na menopausa), histórico familiar de câncer de mama, consumo de álcool, excesso de peso, atividade física insuficiente e exposição à radiação ionizante.

A prática de atividade física e de alimentação saudável, com manutenção do peso corporal adequado, estão associadas a menor risco de desenvolver câncer de mama: cerca de 30% dos casos podem ser evitados quando são adotados esses hábitos. A amamentação também é considerada um fator protetor.

 

Fonte: Assessoria Câmara de Tacuru