04/03/2020 15:24

Obras do CMEI da Comunidade São Jorge, em Caarapó, entram na reta final

Estão entrando na reta final as obras do novo centro educacional que vai atender crianças em regime de creche e pré-escola na região da Comunidade São Jorge, em Caarapó. A unidade escolar é destinada ao atendimento de crianças residentes nos bairros São Jorge, Shalom e Vila Planalto.

De acordo com a Secretaria Municipal de Educação, Esporte e Cultura (Semeec), aguardam abertura de vagas em regime de creche 347 crianças entre quatro meses e três anos.

“Com a ativação a creche da Comunidade São Jorge, esse número será reduzido significativamente”, disse o prefeito André Nezzi (PSDB), que recentemente visitou as obras do centro de educação infantil.

Novo centro de educação Infantil de Caarapó vai atender 150 crianças. (Foto: Assessoria)

A unidade escolar está sendo construída mediante convênio com o governo federal, mas o município realiza aporte financeiro do Tesouro municipal para acelerar as obras. “É uma forma de apressarmos a conclusão do prédio para que possamos atender a demanda que aguarda a abertura de novas vagas”, observa o prefeito, informando ainda que a prefeitura investiu mais de R$ 300 de recursos próprios nas obras.

O novo centro de educação infantil foi projetado para atender 150 crianças. Porém, com a sua ativação, ainda ficarão crianças fora da cobertura de atendimento, segundo a coordenação da área. Entretanto, a administração municipal corre para conquistar uma nova unidade para o município.

No Brasil, a educação infantil é responsabilidade dos municípios, que recebem apoio dos estados e do governo federal para que possam oferecer uma formação inicial de qualidade às crianças de 0 a 5 anos de idade. Segundo as diretrizes curriculares do Ministério da Educação (MEC), a educação infantil se caracteriza pela primeira etapa do ciclo básico, oferecida em creches e pré-escolas em jornadas integrais (mínimo de 7 horas por dia) ou parciais (mínimo de 4 horas por dia).

De acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), todas as crianças têm direito à educação gratuita que as prepare para o exercício da cidadania, a permanecerem na escola e a serem respeitadas pelos educadores. Brincar, ter contato com a natureza, ter alimentação sadia, desenvolver a curiosidade e ter acesso à higiene e à saúde são também garantias que as crianças têm nas instituições.

As creches devem ensinar às crianças princípios de respeito ao bem comum, ao meio ambiente e às diferentes culturas, direitos e cidadania, além de motivarem a expressão e a criatividade.

Fonte: Dilermano Alves/Assessoria Prefeitura