06/06/2022 10:41

Nova pesquisa mostra crescimento de Riedel e consolidação de Tereza para o Senado em MS

Is allowance instantly strangers applauded

A dobradinha de pré-campanha entre Eduardo Riedel, pré-candidato do PSDB ao governo do Estado, e da ex-ministra Tereza Cristina, pré-candidata ao Senado pelo PP, mostra sinais de crescimento na intenção de votos do eleitorado sul-mato-grossense, é o que revela a nova pesquisa divulgada pelo Instituto Ranking nesta segunda-feira (6).

De acordo com o levantamento, na pesquisa estimulada Eduardo Riedel chegou 15% da intenção de votos, já empatando com Rose Modesto (UB) tem 15,5%. O candidato do MDB, o ex-governador André Puccinelli ainda lidera com 20,5%, seguido pelo ex-prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), com 20,1%.  Capitão Contar (PRTB) tem 6,3%, Giselle Marques (PT) aparece com 2% e Luhhara Arguelo (PSOL) com 0,60%, e 20% dos entrevistados não souberam responder. Na espontânea, sem apresentação de nomes na pesquisa, André tem 15,5% e Trad 15,1%, seguidos de perto por Rose 10,8% e Riedel, com 10,4%.  Contar tem 4,5% e Giselle tem 0,8%. Demais somaram 0,7% e 42,2ˆ% não responderam.

Puccinelli também é o mais rejeitado pelo eleitor e eleitora sul-mato-grossense, e aparece com 24,5% de rejeição, seguido por Marquinhos Trad, com 15,7%, Contar, com 8,6%, Giselle Marques com 6,8%, Luhhara com 4,8%, Rose com 4,1% e, com menor índice de rejeição, Eduardo Riedel, com apenas 3,5%. Nao responderam ou não souberam chegaram a 32%.

Clique AQUI para ver todos os quadros da pesquisa

Na disputa pelo Senado Federal, a ex-ministra e deputada federal Tereza Cristina tem 23,2% e lidera a corrida. O ex-juiz Odilon de Oliveira aparece distante, com 13,4%, seguido pelo ex-ministro Henrique Mandetta (UB) com 11,3%. Com menos de 2 dígitos aparecem Sérgio Harfouche, com 9%, Carlos Marun, com 4%, Jeferson Bezerra, 1,6%, Tiago Botelho, com 1,3%, Wilson Joaquim tem 0,6%, Henrique Medeiros tem 0,@% e Adonis Marcos fecha lista com apenas 0,1%. O número de indecisos chega a 35,3%.

Mandetta lidera no quesito rejeição, com 12%, seguido por Odilon, com 9,3%, Tereza com 8,9%, Marun, com 5,5% e Harfouche com 4,1%. Os demais somam 4,3% e os indecisos são 55,9%.

A pesquisa foi registrada na justiça eleitoral com os números MS-09658/2022 e BR-06808/2022, e ouviu 3 mil eleitores em 30 municípios de Mato Grosso do Sul entre os dias 31 de maio a 4 de junho, com intervalo de confiança de 95% e uma margem de erro de 1,8% para mais ou para menos.

 

Fonte: Da Redação