28/05/2022 17:09

União Brasil MS abre as portas e traz a voz dos jovens para a política

Is allowance instantly strangers applauded

A presença da juventude na política ainda apresenta desafios no Brasil, mas o União Brasil de Mato Grosso do Sul pretende trazer a voz do jovem para o centro do debate. Com a proposta de ampliar o protagonismo e a participação deles na agenda política estadual, o partido abriu as portas, na noite de sexta-feira (27/05), para a juventude, criando o União Brasil Jovem MS.

A proposta do União Brasil do Estado é resgatar as características dos jovens que podem impulsionar mudanças significativas em Mato Grosso do Sul e no Brasil, traçando um novo caminho na política estadual. “O nosso time é pequeno, mas é acolhedor. Vocês chegam em um momento onde estamos fortes e iniciando uma jornada”, disse a presidente estadual do União Brasil, senadora Soraya Thronicke.

Ela acrescenta que neste momento parece que há um resgate da presença dos jovens na política. “Nós seremos responsáveis por trazer toda essa juventude. Tragam todas as suas ideias e vamos colocar em prática, iniciar os trabalhos. Eu acredito que essa força de vocês pode trazer esse novo viço para a política e desejo que vocês sejam alçados a vereadores, prefeitos, deputados, senadores, presidentes, enfim, o que quiserem”, pontuou.

Segundo o presidente municipal do União Brasil, vereador Coronel Alírio, que é pré-candidato a deputado federal, é fundamental formar lideranças políticas e incentivá-las desde o começo. “A política move a sociedade, transforma a vida das pessoas e o União Brasil quer abrir essa possibilidade de o jovem participar ativamente da vida política e partidária, na perspectiva até de termos novas ideias e sugestões. Acredito na capacidade de engajamento político dessa juventude para que nós possamos construir, principalmente, um compromisso de governo pelo país”, explicou.

Já o pré-candidato a deputado estadual pelo União Brasil, Rhiad Abdulahad, cita que Mato Grosso do Sul tem cerca de 250 mil jovens eleitores e eles estão afastados da política. “O União Brasil inicia um trabalho de aproximação com a juventude, de entendimento das necessidades, principalmente na questão de cultura, lazer e a questão do primeiro emprego, que é tão difícil e reconhecemos que o nosso Estado tem sofrido muito com isso. É um projeto que se inicia e é uma longa caminhada, mas é sobre escutar mais para aprender com o jovem e com suas demandas. É algo muito desafiador, mas tenho certeza que o União Brasil vai conseguir conquistar cada vez mais esse público”, declarou.

O presidente estadual do União Brasil Jovem, Ítalo Gusmão, expõe que “essa oportunidade é fundamental para a construção política”. “Poucos são os lugares que oportunizam espaços de poder, viabilização e de construção política. É fundamental essa atitude que o União Brasil tem de disponibilizar esse espaço aos jovens, que querem fazer parte dessa construção, de forma técnica, de questões políticas que entendemos, mas, também, de forma pontual, porque estamos na base, na linha de frente, sabendo o que realmente acontece na sociedade, dos anseios dos jovens e para que consigamos, de fato, mudar alguma coisa na vida das pessoas”, afirmou.

Para o presidente municipal do União Brasil Jovem, Felipe Benites Andreucci, na situação atual que está a política, o jovem teve muito receio por consequência dos momentos passados na história da política. “Esse é um momento para mostrar que a política, na verdade, vem para ajudar a população, incluindo os jovens. Pois daqui saem os futuros delegados, juízes, vereadores e deputados, representantes do nosso Estado e País”, finalizou.

Fonte: Assessoria de Imprensa União Brasil