24/05/2022 09:16

Com foco no apoio as pré-candidaturas de Capitão Contar e do presidente Bolsonaro PRTB passa por reestruturação em Amambai

Sob a presidência do empresário e candidato a prefeito nas últimas eleições Zé Bambil, partido está se organizando e buscando novas filiações.

Is allowance instantly strangers applauded
Membros da direção provisória do PRTB, em Amambai com o pré-candidato ao Governo de MS pela sigla, Capitão Contar. (Fotos: Divulgação)

Vilson Nascimento

Sob a presidência do empresário e candidato a prefeito no município nas últimas eleições, José Cristóvão de Oliveira Bambil, o “Zé Bambil”, o PRTB (Partido Renovador Trabalhista Brasileiro) está passando por uma reestruturação em Amambai.

Segundo Zé Bambil o objetivo da diretoria, que é provisória é organizar a sigla, que estava praticamente estagnada no município e buscar novas filiações para se tonar um partido forte e com grande representatividade visando às eleições municipais de 2024.

“Queremos chegar em 2024 com um partido forte e organizado para participar do processo eleitoral, mas agora nosso foco é todo voltado em garantir total apoio ao nosso pré-candidato ao Governo do Estado, Capitão Contar e a pré-candidatura a reeleição do nosso presidente Jair Bolsonaro”, destacou Zé Bambil ao ressaltar que em breve o PRTB deverá promover um ato de filiação, mas quem já quiser aderir a sigla poderá contatar os integrantes da diretoria provisória.

A diretoria provisória

Além do presidente, Zé Bambil, integram a diretoria provisória do Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB), em Amambai, Gabriel Anastácio Rossi como vice-presidente, a professora Vanusa Pereira da Silva Souza como secretária, Beatriz Brandão Oviedo como tesoureira e Luiz Júnior Moreira Marques como vogal.

O ex-candidato a prefeito e presidente do PRTB no município, Zé Bambil (d) com o pré-candidato ao Governo do Estado, Capitão Contar. Foco na sigla é apoiar as pré-candidaturas de Capitão Contar e o presidente Jair Bolsonaro, destacou o presidente da diretoria provisória em Amambai. 

 

Fonte: A Gazetanews