24/05/2019 20:36

Dr. Bandeira e lideranças recepcionam Beto Pereira em Amambai

Durante reunião na prefeitura o deputado federal falou sobre seu posicionamento no Congresso Nacional e anunciou emendas para o município.

A recepção ao deputado Beto Pereira nessa sexta-feira (24) em Amambai aconteceu na sala de reuniões, na prefeitura e contou com a presença de autoridades, agentes públicos e membros da sociedade amambaiense. (Fotos: Vilson Nascimento)

Vilson Nascimento

O prefeito, Dr. Edinaldo Bandeira, acompanhado pelo vice-prefeito, Valter Brito, vereadores e membros de sua equipe de governo, recepcionou no início da noite dessa sexta-feira, 24 de maio, feriado da padroeira da cidade, em Amambai, o deputado federal Beto Pereira.

Durante a reunião, que aconteceu na sala de reuniões, na Prefeitura de Amambai, o deputado federal agradeceu o apoio e os votos recebidos da população amambaiense nas eleições do ano passado e explanou sobre seu posicionamento na Câmara Federal a favor da reforma da previdência, da reforma administrativa e falou sobre seu voto pela permanência do Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) no Ministério da Fazenda, ao invés de passar para o Ministério da Justiça como queria o governo.

“Fiz um estudo e vi que em país desenvolvidos, entre eles Estados Unidos e da Europa o órgão que equivale ao Coaf no Brasil está ligados ao tesouro. Por que no Brasil teria que ser diferente?” indagou o deputado ao ressaltar que foi a partir de uma denúncia do Coaf ao notar movimentação financeira irregular envolvendo um doleiro, que surgiu a “Operação Lava-Jato”.

Em relação à reforma da previdência Beto Pereira disse que é necessária para evitar o colapso financeiro do País, porém é um tema que tem que ser tratado com cautela e baseado em análise técnico para que surta o efeito desejado e não prejudique a população. 

Benefícios para Amambai

Antes da reunião na prefeitura, acompanhado pelo vereador Fernando Fischer, o deputado Beto Pereira já havia andado em pontos da cidade e mantido contato com membros da sociedade local.

No ato na prefeitura, além de colocar seu gabinete à disposição para auxiliar nas demandas do município, Beto Pereira anunciou que irá destinar pelo menos R$ 1 milhão em emendas parlamentares para beneficiar segmentos de Amambai.

Dentro deste montante está a destinação de recursos para a aquisição de instrumentos musicais para a fanfarra da Escola Estadual Vespasiano Martins, R$ 200 mil para a reforma das instalações da Escola Municipal Maria Bataglin Machado, no Jardim Panorama, cerca de R$ 100 mil para a construção do Centro Comunitário do Jardim Panorama e recursos para a aquisição de um ônibus com capacidade para 30 passageiros para a APAE (Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais) de Amambai.

Prefeito pediu asfalto

Momento que o prefeito Dr. Bandeira (d) protocolava com o deputado federal Beto Pereira, o pedido de um milhão de reais para pavimentação de ruas, em Amambai. 

Preocupado em melhorar a infraestrutura urbana do município, garantindo assim conforto e melhor qualidade de vida para a população, o prefeito, Dr. Bandeira, solicitou ao deputado federal a destinação de R$ 1 milhão em emenda parlamentar para asfaltar trechos de ruas em vários pontos da cidade.

Beto Pereira, por sua vez, destacou a importância do pedido do prefeito e se comprometeu em destinar meio milhão de reais para essa finalidade. “Não sei que conseguiremos mandar um milhão, mas com 50?ste valor pode contar”, disse o deputado federal.

A reunião com o deputado Beto Pereira na noite dessa sexta-feira também contou com a participação da presidente da Câmara Municipal de Amambai, vereadora Janete Córdoba e do vereador Roberto Dias, que à exemplo do deputado federal e do prefeito Dr. Bandeira, são do PSDB e do vereador Luiz Fernando Fischer, além de secretários municipais, chefes de departamentos da prefeitura e integrantes da sociedade amambaiense.

O deputado federal Beto Pereira é o primeiro vice-presidente do PSDB na Câmara Federal, em Brasília e o único deputado federal de Mato Grosso do Sul a integrar a comissão que analisa a reforma da previdência.

Fonte: A Gazetanews