18/01/2022 16:22

Durante busca por assassinos de produtor rural e filho polícia apreende arma de fogo em Amambai

Revólver calibre 38 foi encontrado na casa da irmã dos suspeitos de cometerem o crime.

Is allowance instantly strangers applauded

Vilson Nascimento

Ao checarem a informação, na tarde desta segunda-feira (17) sobre um possível esconderijo da dupla que assassinou, supostamente durante um assalto frustrado, manhã da sexta-feira, 14 de janeiro, o produtor rural, Olenir Nunes da Silva, o “Nego Silva”, de 50 anos e seu filho, o engenheiro agrônomo Antônio Alexandre Nunes da Silva, de 23 anos, fato ocorrido em uma das fazendas das vítimas, em Amambai, polícia acabou aprendendo uma arma de fogo.

Segundo a ocorrência policial, o revólver marca Taurus, calibre 38, que na ocasião estava com quatro munições intactas e duas deflagradas no tambor, foi encontrado no quarto, sobre o guarda-roupa da residência da irmã dos dois suspeitos de assassinarem o produtor rural e seu filho, em uma fazenda localizada na mesma região onde ocorreu o latrocínio.

De acordo com a ocorrência policial o morador, um homem de 38 anos, que seria cunhado dos procurados, confessou ser o proprietário da arma, disse que havia comprado anos atrás e mantinha o revólver, que não tinha documentação regular, em casa para proteção pessoal.

Ele foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil de Amambai onde foi autuado em flagrante por posse irregular de arma de uso permitido, pagou fiança e foi liberado para responder em liberdade, conforme prevê a legislação.

Em relação a busca pelos suspeitos do duplo homicídio, um indígena de aproximadamente 24 anos e outro de 16 anos, ambos residentes na região da aldeia Taquapery, em Coronel Sapucaia, a irmão teria informado não ter noticia dos irmãos desde antes do ocorrido.

Participaram da busca na propriedade rural equipes da ROTAC, do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) e do BOPE (Batalhão de Operações Especiais) da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul.

Até o final da tarde desta terça-feira (18) a força-tarefa composta pela Polícia Civil e pela Polícia Militar continuava com as buscas, mas ainda não havia localizado o paradeiro da dupla.

Outra apreensão de armas

Na noite do domingo, dia 16 de janeiro, policiais lotados na 3ª Companhia Independente de Polícia Militar (3ª CIPM) já haviam realizado a apreensão de duas armas de fogo, em Amambai.

Segundo a ocorrência policial, as armas, um revólver calibre 38, Special marca Taurus com quatro munições intactas no tambor e uma carabina calibre 22, estavam no interior de uma caminhonete Ford Ranger, que era conduzida por um homem de 57 anos.

De acordo com a ocorrência policial, a caminhonete foi abordada e as armas encontradas em seu interior após os policias, durante ronda na região da Vila Varocopa, notarem que o veículo havia entrado em perímetro urbano em alta velocidade. 

Encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil, em Amambai, o motorista foi autuado em flagrante pelo crime de porte ilegal de arma de uso permitido e, segundo a Polícia Civil, liberado para responder em liberdade mediante o pagamento de fiança.

 

Fonte: A Gazetanews