18/01/2022 16:22

Corpo de Bombeiros socorre mulher vítima de atropelamento em rodovia de Amambai

Vitima de 28 anos, que estava desaparecida desde a noite de sábado para domingo disse ter sido sequestrada pelo ex-namorado, espancada e deixada desmaiada às margens do Rio Amambai.

Is allowance instantly strangers applauded
A Polícia Civil de Amambai vai apurar o caso. (Foto: Vilson Nascimento)

Vilson Nascimento

O Corpo de Bombeiros socorreu, no início da manhã desta terça-feira, 18 de janeiro, uma mulher de 28 anos, vítima de atropelamento, em Amambai.

Segundo os bombeiros, no ato do resgate a mulher teria relatado que foi sequestrada pelo ex-namorado no final de semana, agredida e mantida presa no quarto de uma residência até a noite desta segunda-feira, dia 17.

Na noite desta segunda ela teria sido levada pelo ex-namorado até a região da ponte sobre o Rio Amambai, na Rodovia MS-386, trecho que liga Amambai a Ponta Porã, distante cerca de 21 quilômetro da cidade.

Na beira do rio após um novo desentendimento ela teria sido agredida com uma garrafada na cabeça e desmaiou.

Quando acordou sozinha, saiu para a rodovia, seguiu em direção a cidade de Amambai e a todo tempo tentando parar veículos que passavam para pegar carona, mas com medo ninguém parava.

Em um quebra-molas na entrada da aldeia Amambai, já cerca de cinco quilômetros da cidade, ela teria tentado parar um veículo Pálio de cor verde para pegar carona, quando o motorista acabou a atropelando.

Segundo o Corpo de Bombeiros, a mulher foi retirada para as margens da pista por indígenas moradores naquela região e um motorista que passava pelo local, ao se deparar com a situação, parou e acionou o Corpo de Bombeiros.

Segundo os bombeiros, no ato do resgate a mulher apresentava escoriações pelo corpo e na cabeça, mas sem maiores gravidades.

O desaparecimento

De acordo com o Boletim de Ocorrência relatando o desaparecimento da vítima, registrado na Delegacia de Polícia Civil de Amambai na tarde desta segunda-feira, dia 18, na noite de sábado (15) para domingo, 16 de janeiro, a vítima estava em companhia de um casal  de amigos em uma casa de eventos no centro da cidade e no final da madrugada, já de domingo, ela teria sido deixada pelo casal em companhia de um rapaz em um bar da cidade e desde então não havia sido mais vista.

Nesta segunda-feira, 17 de janeiro, o rapaz com quem a vítima havia ficado em companhia no bar, procurou o casal para entregar o celular da mulher desaparecida.

Segundo a ocorrência policial o rapaz teria informado ao casal que havia dormido em seu carro e ao acordar notou que a vítima havia deixado o celular no veículo, porém já não a encontrou mais para devolver o aparelho. A Polícia Civil vai apurar o caso.

 

Fonte: A Gazetanews