25/01/2021 20:29

Polícia Civil identifica e indicia autores de assassinato em Amambai

“Sereia”, de 34 anos, foi morto a facadas na madrugada do dia 9 de janeiro, na região do Terminal Rodoviário da cidade.

Is allowance instantly strangers applauded

Vilson Nascimento

A Polícia Civil concluiu nessa segunda-feira, dia 25, com o indiciamento de dois autores, um assassinato ocorrido no dia 9 de janeiro nas proximidades do Terminal Rodoviário, em Amambai.

Evandro Cesar Toledo Tobias, de 34 anos, o “Sereia”, como também era conhecido, foi morto a facadas.

Ao tomar conhecimento do crime, a equipe de investigação da Delegacia de Polícia Civil de Amambai passou a atuar no caso e identificou os autores, um homem de 39 anos e outro de 65 anos.

Versão dos acusados

Segundo a delegada titular de Polícia Civil em Amambai, Dra. Larissa Serpa, que comandou as investigações do caso, em depoimento na Delegacia os autores apresentaram suas versões para o crime.

Segundo a polícia, em seu depoimento o acusado de 39 anos teria relatado que horas antes do crime, Sereia, que já tinha várias passagens pela polícia por prática de delitos diversos, teria lhe dado um soco na boca e tomado a bicicleta que estaria em seu poder, que pertencia a seu sobrinho, mas ele havia pegado emprestada.

Com o objetivo de reaver a bicicleta, o autor de 39 anos, cujo nome não pode ser divulgado tendo em vista a legislação de abuso de autoridade aprovada pelo Congresso Nacional, teria saído à procura de Sereia com a finalidade de reaver a bicicleta, e foi quando teria encontrado a vítima fatal agredindo o idoso de 65 anos nas proximidades do Terminal Rodoviário.

Nesse momento, segundo relatou o acusado à polícia, com a finalidade de cessar as agressões ao idoso, o homem de 39 anos teria apanhado uma faca que estava no chão, supostamente pertencente a um dos envolvidos na briga, e desferido uma facada nas costas de Sereia.

Nesse momento, segundo o autor, se aproveitando que Sereia estava sendo segurado pelo idoso, movido pela raiva ao relembrar do fato mais cedo onde teria apanhado de Sereia no ato que a vítima fatal lhe tomava a bicicleta, ele aproveitou para desferir outras facadas na região frontal de Evandro, que por conta dos ferimentos acabou morrendo no local.

Segundo a Polícia Civil após cometer o crime a dupla fugiu do local e só foi identificada através do trabalho de investigação desencadeado pela equipe de investigadores.

Como não estavam em situação de flagrante, a dupla foi ouvida na Delegacia de Polícia Civil, indiciada em inquérito e liberada para responder ao processo em liberdade.

Conforme prevê a legislação brasileira, os dois acusados deverão ser denunciados pelo Ministério Público à Justiça pelo crime de homicídio e poderão ser submetidos futuramente a júri popular pelo assassinato praticado.

 

Fonte: A Gazetanews