23/10/2020 13:32

Onça-parda morre ao ser atropelada entre Amambai a Caarapó

Felino que já é raro nas florestas da região, foi atropelado por caminhonete a cerca de 15 quilômetros da cidade de Amambai, segundo a PMA.

Is allowance instantly strangers applauded
A onça-parda, animal já difícil de ser encontrar nas florestas da região, teria morrido ao ser atropelada por uma caminhonete, segundo a PMA. (Fotos: PMA)

Vilson Nascimento

Uma onça-parda morreu após ser atropelada na Rodovia MS-156, trecho que liga as cidades de Amambai.

O atropelamento do felino adulto e do sexo feminino, aconteceu nas proximidades da “Figueira”, região de acesso a área de acampamento da Igreja Católica, distante cerca de 15 quilômetros da cidade de Amambai.

De acordo com a Polícia Militar Ambiental (PMA) de Amambai, que esteve no local após ser acionada por populares, animal, que é um espécime já bastante raro de se encontrar na natureza nesta região do Estado, pode ter sido atropelado por uma caminhonete, tendo em vista estilhaços que ficaram no local.

De acordo com a PMA, pelo estado da carcaça o atropelamento deve ter ocorrido no decorrer dessa terça-feira, dia 20 de outubro.

A onça-parda

Segundo a Wikipédia, a onça-parda ou puma, também conhecida no Brasil por suçuarana e leão-baio, é um mamífero carnívoro da família Felidae e gênero Puma, nativo da América. Foi originalmente classificada no gênero Felis, mas estudos genéticos demonstram que a espécie evoluiu em uma linhagem próxima à chita e ao gato-mourisco.

Fonte: A Gazetanews