28/07/2020 16:14

Colisão entre motos deixa mulheres feridas em Amambai

Vítimas foram socorridas pelo Corpo de Bombeiros e atendidas no Hospital Regional.

Is allowance instantly strangers applauded
Nas fotos as duas motos envolvidas no acidente o momento que o Corpo de Bombeiros prestava socorro às vítimas. (Fotos: Vilson Nascimento)

Vilson Nascimento

O Corpo de Bombeiros socorreu na manhã dessa terça-feira, 28 de julho, duas mulheres indígenas vítimas de acidente de moto, em Amambai.

A colisão entre moto Kenton 150cc, cor azul, sem placa, modelo importada, que as indígenas, ambas residentes na aldeia Amambai, viajavam e uma motocicleta Honda Biz, cor preta, placa de Dourados-MS, conduzida por uma mulher moradora na cidade, em Amambai, aconteceu na Rua Francisco Serejo Neto, região central da cidade.

Informações levantadas pela reportagem do grupo A Gazeta no local acidente indicaram que as duas motos se deslocavam pela Rua Francisco Serejo Neto, sentido a Avenida Pedro Manvailler, quando a condutora da Kenton não percebeu que a Biz se aproximava para fazer a ultrapassagem e fez uma conversão à esquerda para estacionar em uma loja de materiais para construção, momento que ocorreu a colisão.

Com o impacto as duas motocicletas acabaram caindo e sofrendo avarias. A condutora da Biz, que estava só, não se feriu. Já as ocupantes da Kenton acabaram se machucando.

A condutora da moto importada sofreu escoriações e um corte com certa profundidade na altura do tornozelo esquerdo, enquanto a mulher que estava na garupa, além de escoriações leves, reclamava de fortes dores em uma das pernas, segundo os bombeiros.

Depois de receberem o atendimento emergencial no local do acidente, as duas indígenas foram encaminhadas pela guarnição do Corpo de Bombeiros para o Pronto Socorro do Hospital Regional de Amambai (HRA) para passar por cuidados médicos.

Procurada pela reportagem do grupo A Gazeta, a direção do HRA informou que depois de serem atendidas na unidade de saúde, como não apresentavam ferimentos com maiores gravidades, as duas mulheres receberam alta.

 

Fonte: A Gazetanews