23/06/2020 07:49

Corpo de Bombeiros socorre motociclista vítima de acidente em Amambai

Motocicleta foi atingida na traseira por caminhonete ao diminuir velocidade para entrar em um frigorífico na MS-156. Por conta de problemas técnicos na OI, equipe de resgate foi acionada diretamente no quartel.

Is allowance instantly strangers applauded
Nas fotos os veículos envolvidos no acidente. Com o impacto a moto sofreu avarias de grande monta. O motociclista não corre risco de morte, segundo o Corpo de Bombeiros. (Fotos: 16º SGB/A Gazetanews)

Vilson Nascimento

A equipe de resgate e salvamento do Corpo de Bombeiros de Amambai socorreu, no início da manhã dessa terça-feira, 23 de junho, um motociclista vítima de acidente de trânsito na Rodovia MS-156, na saída para Caarapó.

Segundo o Corpo de Bombeiros, a vítima, Miguelino Rossate, 23 anos, se deslocava pela rodovia estadual no sentido Amambai a Caarapó em uma motocicleta modelo importada de cor preta, sem placa e ao reduzir a velocidade para entrar em um frigorífico situado naquela região, acabou sendo atingida na parte traseira por uma caminhonete Toyota Hilux, cor branca, placas de Amambai-MS, conduzida por um homem de 59 anos, morador em Amambai.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, com o impacto o motociclista, que é de origem indígena, sofreu escoriações pelo corpo, apresentava suspeita de traumatismo crânio encefálico, mas aparentemente sem risco de morte.

Depois de receber o atendimento emergencial no local do acidente, o motociclista foi encaminhado pela equipe do 16º SGB, para o Pronto Socorro do Hospital Regional de Amambai para passar por cuidados médicos.

A moto que Rossate conduzia sofreu avarias de grande monta. A caminhonete também sofreu avarias, mas o condutor saiu ileso, segundo o Corpo de Bombeiros.

Por conta de problemas técnicos na operadora de telefonia OI, que deixou os telefones, inclusive o número de emergência, o 193, do Corpo de Bombeiros mudo da madrugada até a manhã dessa terça-feira (23), a equipe de resgate foi acionada para atender a ocorrência por populares que se deslocaram até a sede da unidade militar.

 

Fonte: A Gazetanews