02/06/2020 06:42

Com transmissão ao vivo, DOF tem troca de comando nesta terça-feira

Is allowance instantly strangers applauded

O tenente-coronel da Polícia Militar Wagner Ferreira da Silva, de 42 anos, assume nesta terça-feira (2.6) a direção do Departamento de Operações de Fronteira (DOF). Em razão da pandemia da Covid-19, o evento em Dourados será fechado, mas transmitido ao vivo, a partir das 10 horas, por links nos sites da Sejusp e da Polícia Militar e por live pelas redes sociais.

Para o novo diretor, a missão de assumir o DOF será um grande desafio e privilégio. “Mas acima de tudo, é uma grande responsabilidade poder contribuir com a segurança de fronteira, ciente de que nosso trabalho importa a todo o Brasil. Neste propósito, estaremos firmemente ladeados com os homens que sustentam de maneira sacerdotal esta dura tarefa de enfrentar o crime organizado em nossas fronteiras”, disse.

O novo comandante-geral da Polícia Militar, coronel Marcos Paulo Gimenez, fará a passagem de comando para o tenente-coronel Wagner. Marcos Paulo era o titular do DOF antes de assumir o comando da PM. O sub-diretor será o tenente-coronel QOPM Everson Antonio Rozeni.

Currículo

O Tenente-Coronel Wagner é formado em Direito e tem licenciatura e bacharelado em Educação Física, com especialização na Fisiologia do Exercício – Avaliação e Prescrição de Treinamento Físico. Fez o Curso de Formação e de Aperfeiçoamento de Oficiais da Polícia Militar, além de pós-graduação no Curso Superior de Polícia.

Participou de curso de Operações Policiais Especiais; Gerenciamento de Crise; Gerenciamento de Locais Sob Ameaça a Bomba; Técnico Explosivista Policial; e Paraquedismo Policial.

Já foi comandante do Grupo de Rondas Tática do Interior (Rotai), 7º BPM-Aquidauana/MS (2000-2003); subcomandante da 4ª Companhia de Guarda e Escolta/ 3º BPM-Dourados (2003-2004); subcomandante da 2ª Cia PM/3º BPM-Dourados – Companhia de Radiopatrulha (2004-2005); e integrante da Equipe Nacional de Negociadores Policiais dos Jogos Pan-americanos e Parapan-americanos – Rio de Janeiro (2007).

Ele foi ainda comandante do Pelotão Rotac (Rondas Táticas da Capital)/Companhia Independente de Gerenciamento de Crises e Operações Especiais (Cigcoe), no período de  2005 a 2008; Comandante do Gate (Grupo de Ações Táticas Especiais)/Cigcoe, de 2008 a 2011; e subcomandante da Cigcoe, de março de 2012 a setembro de 2013.

Além disso, foi subcomandante do Bope, de setembro de 2013 a fevereiro de 2016; comandante do Bope, de 24 de fevereiro de 2016 a 16 abril de 2018; e foi comandante do Batalhão de Polícia Militar Rodoviária, cargo que deixou para assumir o DOF.

Rodson Lima – Sejusp

Fonte: Assessoria Governo do MS