23/09/2019 09:43

PMA de Amambai autua cinco em R$ 283,3 mil por desmatamentos ilegais

Is allowance instantly strangers applauded

A Polícia Militar Ambiental de Amambai realizava fiscalização ambiental nas propriedades rurais do município, visando à prevenção e repressão ao desmatamento ilegal e ao tráfico de papagaios e localizou entre os dias 17 e 18, cinco áreas desmatadas ilegalmente em cinco propriedades rurais no município. As áreas desmatadas ilegalmente medidas com uso de GPS perfizeram 50,09 hectares destruídos, dentro de área protegida.

O infrator (36), residente em Amambai, foi autuado e recebeu multa administrativa de R$ 222.915,00 pelo desmatamento de 40,53 hectares, em sua fazenda a 25 km da cidade. Outro infrator (43), residente em Maringá (PR) foi autuado administrativamente em R$ 41.090,00, por ter desmatado 5,87 hectares em sua propriedade, localizada a 40 km da cidade.

Em outra propriedade, a 22 km da cidade, foi vistoriado um desmatamento ilegal de 1,79 hectares. O infrator (57), residente em Amambai, foi autuado administrativamente e multado em R$ 8.845,00. Outro infrator (48), residente em Amambai, foi autuado administrativamente e multado em R$ 5.885,00, pelo desmatamento de 1,07 hectares na fazenda a 23 km da cidade. Por último, um infrator (56), residente em Amambai desmatou em sua fazenda a 20 km da cidade, 0,83 hectare e foi autuado administrativamente e multado em R$ 4.565,00.

Todos os infratores suprimiram a vegetação há algum tempo para plantio de pastagem. A madeira proveniente da vegetação desmatada não estava mais no local, havendo somente restos de árvores em meio à pastagem.

Os autuados também responderão por crime ambiental, que prevê pena de um a três anos de detenção. Além disso, eles foram notificados a apresentar um Plano de Recuperação da Área Degradada e Alterada (PRADA) junto ao órgão ambiental estadual.

Fonte: ASSESSORIA PMA