18/04/2019 10:14

Homem é preso em Amambai após agredir a esposa enquanto a vítima dormia

Mulher teve nariz quebrado e foi encontrada caída na rua e sangrando, relatou a Polícia Militar na ocorrência.

Is allowance instantly strangers applauded

Vilson Nascimento

Antônio da Rosa, de 41 anos, foi preso pela Polícia Militar e autuado em flagrante pela delegada, Dra. Larissa Serpa, sob acusação de lesão corporal dolosa no âmbito da violência doméstica, fato ocorrido na noite dessa quarta-feira, 17 de abril, na região da Vila Limeira, em Amambai.

Segundo consta na ocorrência policial, após um desentendimento enquanto consumiam bebida alcoólica, a esposa do acusado, uma mulher de 43 anos, teria desferido um tapa no rosto de Antônio.

Na ocasião o homem teria empurrado e jogado a vítima sobre a cama, mas por conta da interferência de outra pessoa que estava na casa, não teria a agredido, mas teria saindo de casa bravo e chateado.

Mais tarde, segundo relatou a vítima à polícia, Antônio da Rosa teria voltado para casa e começado a agredir a esposa com socos no rosto, agressões essas que teriam começado enquanto a mulher estaria dormindo.

A vítima que teria acordado sendo espancada, teria começado a gritar por socorro e tentado sair correndo de dentro de casa, foi quando vizinhos interviram, supostamente para cessar as agressões.

De acordo com a Polícia Militar quando a guarnição chegou ao local, após ser acionada por populares, encontraram a vítima caída no meio da rua e com bastante sangramento na região do rosto.

O Corpo de Bombeiros foi acionado, prestou o atendimento emergencial à vítima no local, posteriormente removeu a mulher para o Pronto Socorro do Hospital Regional.

No hospital foi constatado, segundo a polícia, que a vítima, que permaneceu sob observação médica, teve o nariz quebrado, supostamente por conta das agressões sofridas.

De acordo com a Polícia Militar, após se embrenhar em um terreno baldio tomado por matagal, na ânsia de fugir dos policiais, Antônio da Rosa também teria pulado a cerca de balaústre e tentado se esconder na lavanderia de uma residência da região, mas acabou localizado e preso.

Procurada pela reportagem do A Gazetanews a delegada responsável pelo caso, Dra. Larissa Serpa, informou que depois do flagrante lavrado Antônio permaneceu preso, situação que deverá permanecer até a audiência de custódia, que deverá ocorrer na próxima segunda-feira, dia 22, ocasião em que o juiz decidirá se converte o flagrante em prisão preventiva ou libera o acusado para responder ao processo por violência doméstica em liberdade.

Fonte: A Gazetanews