13/08/2021 08:10

O Grande Livramento do Povo de Deus

“Porque é vindo o grande Dia da sua ira; e quem poderá subsistir?” (Ap 6.17).

Is allowance instantly strangers applauded

O DIA DO SENHOR está chegando: “Uivai, porque o Dia do SENHOR está perto; vem do Todo-Poderoso como assolação. Pelo que todas as mãos se debilitarão, e o coração de todos os homens se desanimará. E assombrar-se-ão, e apoderar-se-ão deles dores e ais, e se angustiarão como a mulher parturiente; cada um se espantará do seu próximo; o seu rosto será rosto flamejante” (Is 13.6-8). Será um dia de indignação, de angústia e de ânsia, dia de alvoroço e de desolação, dia de nuvens, de escuridão e densas trevas; dia de trombeta e de alarido (Is 13.9-13; Sf 1.14-18; Mt 13.41-50; 25.41-46; Ap 6.17).

 

A Bíblia diz que naquele Dia, tudo o que existe na terra será destruido com fogo: “Mas o Dia do Senhor virá como o ladrão de noite, no qual os céus passarão com grande estrondo, e os elementos, ardendo, se desfarão, e a terra e as obras que nela há se queimarão” (2ªPe 3.10); Grandes sinais serão vistos: “O sol se converterá em trevas, e a lua, em sangue, antes de chegar o grande e glorioso Dia do Senhor; e acontecerá que todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo” (Atos 2.20,21). 

 

O Dia do Senhor será repentino e pegará o mundo de surpresa: “Mas, irmãos, acerca dos tempos e das estações, não necessitais de que vos escreva; porque vós mesmos sabeis muito bem que o Dia do Senhor virá como o ladrão de noite. Pois que, quando disserem: Há paz e segurança, então, lhes sobrevirá repentina destruição, como as dores de parto àquela que está grávida; e de modo nenhum escaparão” (1ªTs 5.1-3). 

 

Os judeus serão protegidos e salvos no final: “E, naquele tempo, se levantará Miguel, o grande príncipe, que se levanta pelos filhos do teu povo, e haverá um tempo de angústia, qual nunca houve desde que houve nação até àquele tempo; mas, naquele tempo, livrar-se-á o teu povo, todo aquele que se achar escrito no livro” (Dn 12.1).

 

Para a igreja de Cristo há uma promessa de livramento, o arrebatamento: “E esperar dos céus a seu Filho, a quem ressuscitou dos mortos, a saber, Jesus, que nos livra da ira futura” (1ªTs 1.10). “Porque Deus não nos destinou para a ira, mas para a aquisição da salvação, por nosso Senhor Jesus Cristo, que morreu por nós, para que, quer vigiemos, quer durmamos, vivamos juntamente com ele” (1ªTs 5.9,10). “Logo, muito mais agora, sendo justificados pelo seu sangue, seremos por ele salvos da ira” (Rm 5.9). 

 

A promessa de Deus é para os que guardam a sua Palavra: “Como guardaste a palavra da minha paciência, também eu te guardarei da hora da tentação que há de vir sobre todo mundo, para tentar os que habitam na terra” (AP 3.10); “Mas vós, irmãos, já não estais em trevas, para que aquele Dia vos surpreenda como um ladrão; porque todos vós sois filhos da luz e filhos do dia; nós não somos da noite nem das trevas. Não durmamos, pois, como os demais, mas vigiemos e sejamos sóbrios” (1ªTs 5.4-6). “Porque é vindo o grande Dia da sua ira; e quem poderá subsistir?” (Ap 6.17).

Esta é a era da igreja, a salvação pela graça. Não perca a sua salvação, aceite Jesus!

Fonte: Eloir Vieira