14/06/2021 08:38

Arrebatamento a qualquer momento? - Por Eloir Vieira

“Portanto, estai-vos também apercebidos; porque virá o Filho do Homem à hora que não imaginais” (Lc 12.40).

Is allowance instantly strangers applauded

Muitos estão esperando acontecerem alguns eventos para Jesus arrebatar a sua igreja. Quem está esperando sinais, será pego de surpresa; e se não estiver preparado, será deixado para trás, porque somente os santos, os justos serão arrebatados, pois estes estão sempre prontos, esperando o arrebatamento a qualquer momento: “Vigiai, pois, porque não sabeis o Dia nem a hora em que o Filho do Homem há de vir” (Mt 25.13).

 

A salvação é garantida gratuitamente a todos que creem em Jesus Cristo. Mas no arrebatamento da igreja, somente os que creram e se arrependeram dos seus pecados serão arrebatados. Muitos até creem, mas não renunciam ao pecado: “E os que são de Cristo crucificaram a carne com suas paixões e concupiscências” (Gl 5.24).

 

Arrependimento significa mudança de comportamento; praticar o amor, vivendo em justiça, misericórdia, fé, amigo de Deus e inimigo do mundo: “Segui a paz com todos e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor” (Hb 12.14). É necessário se arrepender dos pecados e abandoná-los; perdoar, pedir perdão, se reconciliar.

 

O arrebatamento acontecerá a qualquer momento e sem aviso; desde o início da igreja, os apóstolos e os irmãos em Cristo, já consideravam que, chegaria o momento em que os mortos em Cristo seriam ressuscitados e eles que estavam vivos seriam arrebatados: “Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro; depois, nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor” (1ªTs 4.16,17).

 

Os que não esperam o arrebatamento sem ver um sinal de aviso, serão surpreendidos na sua rotina: “E, como aconteceu nos dias de Noé, assim será também nos dias do Filho do Homem. Comiam, bebiam, casavam e davam se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca, e veio o dilúvio e consumiu a todos. Como também da mesma maneira aconteceu nos dias de Ló: comiam, bebiam, compravam, vendiam, plantavam e edificavam. Mas, no dia em que Ló saiu de Sodoma, choveu do céu fogo e enxofre, consumindo a todos. Assim será no dia em que o Filho do Homem se há de manifestar” (Lc 17.26-30). Hoje as pessoas estão vivendo exatamente como antes do dilúvio!

 

Os sinais que Jesus disse aos discípulos em Mateus 24, são sinais da sua segunda vinda e do fim do mundo, e não do arrebatamento: “E, estando assentado no monte das Oliveiras chegaram-se a ele os seus discípulos, em particular, dizendo: Dize-nos quando serão essas coisas e que sinal haverá da tua vinda e do fim do mundo?” (Mt 24.3). 

 

Para o arrebatamento, Jesus não dará sinais, pelo contrário, disse que será sem aviso: “Portanto, estai-vos também apercebidos; porque virá o Filho do Homem à hora que não imaginais” (Lc 12.40). O arrebatamento e a vinda do Senhor, são eventos distintos.

Fonte: Eloir Vieira