28/05/2021 15:51

O fim de todas as coisas está próximo? - Por Eloir Vieira

“E já está próximo o fim de todas as coisas; portanto, sede sóbrios e vigiai em oração” (1ªPedro 4.7).

Is allowance instantly strangers applauded

Este é um trecho da primeira carta do apóstolo Pedro, 62 – 64 d. C. Tempo de grande perseguição contra os discípulos e a igreja de Cristo. Pedro escreveu para os judeus e para todos os crentes de todos os lugares e épocas:  “E já está próximo o fim de todas as coisas; portanto, sede sóbrios e vigiai em oração” (1ªPedro 4.7).

 

Sede sóbrios: Sem efeito de bebidas alcoólicas; alimentação moderada, sem gula; sem exageros. Vigiar: Se cuidar para não cair nas ciladas do diabo e não entrar em pecado; disse Jesus: “Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; na verdade, o espírito está pronto, mas a carne é fraca” (Mt 26.41). 

 

Esta é a mensagem do evangelho: Está próximo o fim de todas as coisas; portanto, se mantenham sóbrios e vigilantes, orando sem cessar! Se naquele tempo, primeiro século, já era para estar sóbrio, vigiando e orando, imagine agora, quando estamos vivendo no século 21? O apóstolo Pedro, não falou em data, nem foi em vão, pois, desde o início da igreja de Cristo, até o arrebatamento da igreja, é tempo do fim!

 

Veja o que o apóstolo João escreveu para os judeus e para todos os cristãos: “Filhinhos, é já a última hora; e, como ouvistes que vem o anticristo, também agora muitos se têm feito anticristos; por onde conhecemos que é já a última hora” (1ªJo 2.18); 1ªJO 4.3.

 

O anticristo, será um governante mundial, ditador e muito cruel que virá. Os muitos que se têm feitos anticristos, são os vários ditadores cruéis que vêm se manifestando ao longo dos tempos desde o início da igreja, os quais são apenas protótipos do principal anticristo que há de vir antes da vinda de Jesus Cristo (2ªTs 2.3).

 

No entanto, existe uma promessa do Senhor Jesus, de arrebatar a sua igreja, livrando sua noiva da Grande Tribulação (Jo 14.1-3; 1ªTs 1.10; Ap 3.10). Por isso, a preocupação dos apóstolos em suas cartas, e do próprio Senhor Jesus, e de todos os escritores do Novo Testamento, conforme seus conhecimentos por meio das profecias e revelações. 

 

O arrebatamento será o grande livramento que Deus dará à sua igreja, antes da Grande Tribulação. Veja o que disse Jesus: “E olhai por vós, para que não aconteça que o vosso coração se carregue de glutonaria, de embriaguez, e dos cuidados da vida, e venha sobre vós de improviso aquele dia. Porque virá como um laço sobre todos os que habitam na face de toda a terra. “Vigiai, pois, em todo o tempo, orando, para que sejais havidos por dignos de evitar todas essas coisas que hão de acontecer e de estar em pé diante do Filho do Homem” (Lc 21.34-36). 

 

A igreja, precisa estar sóbria, vigiando e orando o tempo todo! O arrebatamento será repentino! Num momento em que ninguém imagina, a igreja será resgatada da terra!

Fonte: Eloir Vieira