21/05/2021 16:29

Como comprovar que cremos em Jesus? - Por Eloir Vieira

“Porque Deus amou o mundo de tal maneira, que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna (João 3.16).

Is allowance instantly strangers applauded

Parece fácil crer em Jesus Cristo. Aparentemente, entendemos que por pronunciarmos a palavra “creio” já é o suficiente para comprovar nossa fé, mas é engano! Essa palavrinha tão pequena e fácil de pronunciar, está na boca de quase todas as pessoas. Ao perguntarmos a alguém se ela crê em Jesus Cristo, certamente esse alguém diz que crê e que Jesus é o seu Salvador e Senhor. Porém, que provas de fé temos dado?

 

Há lábios que proferem mentiras, e há língua que engana: “SENHOR, livra a minha alma dos lábios mentirosos e da língua enganadora” (Salmo 120.2). A língua é como uma flecha venenosa, que mata e destrói vidas e relacionamentos: “Uma flecha mortífera é a língua deles; fala engano; com a sua boca fala cada um de paz com o seu companheiro, mas no seu interior arma-lhe ciladas” (Jeremias 9.8).

 

O coração do ser humano é enganoso e cruel: “Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o conhecerá?” (Jr 17.9). Somente Deus, que sonda os corações, consegue ver a realidade das suas intenções, do que sente e pretende falar e fazer. A Deus, ninguém engana; no dia do juízo, Deus dará a sentença conforme suas obras: “Eu, o SENHOR, esquadrinho o coração, eu provo os pensamentos; e isso para dar a cada um segundo os seus caminhos e segundo o fruto das suas ações” (Jr 17.10). 

 

Portanto, pronunciar a palavra crer, sem obedecer a Deus, é fé falsa. Abraão creu no SENHOR: “E creu ele no SENHOR, e foi lhe imputado isto por justiça” (Gn 15.6). A prova de que Abraão creu, foram as suas ações de obediência à Palavra de Deus: “Pela fé, Abraão, sendo chamado, obedeceu, indo para um lugar que havia de receber por herança; e saiu, sem saber para onde ia” (Hb 11.8). Abraão creu e confiou no SENHOR.

 

Os judeus criam em Deus; provavam isso, buscando obedecer às ordenanças da lei de Moisés; porém, não creram e não receberam Jesus: “Veio para o que era seu, e os seus não o receberam” (Jo 1.11). “Produzi, pois, frutos dignos de arrependimento e não comeceis a dizer a voz mesmos: Temos Abraão por pai, porque eu vos digo que até destas pedras pode Deus suscitar filhos a Abraão” (Lc 3.8).

 

A fé, se comprova por ações e não por palavras vãs: “Meus irmãos, que aproveita se alguém disser que tem fé e não tiver as obras? Porventura, a fé pode salvá-lo? Assim também a fé, se não tiver as obras, é morta em si mesma. Porque, assim como o corpo sem o espírito está morto, assim também a fé sem obras é morta” (Tg 2.14,17,26).

Concluindo: Quem realmente crê, vive debaixo da obediência ao evangelho de Cristo!

Fonte: Eloir Vieira