24/12/2020 08:38

Quem é Jesus para você? - Por Eloir Vieira

“Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; e o principado está sobre os seus ombros; e o seu nome será Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz” (Is 9.6).

Is allowance instantly strangers applauded

Quem é Jesus para você? Um bebê, uma história, uma lenda? O que representa para você o nascimento de Jesus Cristo, o Filho de Deus? Jesus Cristo, Salvador e Senhor!

Essa profecia (Is 9.6), foi proferida por Isaías, filho de Amós, e escrita por volta de 700 a.C. (Segundo dados da Bíblia de Estudo Aplicação Pessoal). Seu propósito: Chamar a nação de Judá de volta para Deus e revelar a salvação divina através do Messias.

 

Deus havia prometido um Rei Eterno para seu povo Israel. Os judeus conhecem bem as Escrituras Sagradas, e esperavam a vinda do Messias para governar sobre Israel. 

Entre 742–687 a.C., Miquéias profetizou de onde sairia o Messias, para que a nação de Israel acompanhasse e soubesse quem seria seu Rei: “E tu, Belém Efrata, posto que pequena entre milhares de Judá, de ti me sairá o que será Senhor em Israel, e cujas origens são desde os tempos antigos, desde os dias da eternidade” (Mq 5.2). 

 

Para que não houvesse dúvida de quem seria o Messias, Isaías citou um sinal que só Deus poderia fazer: “Portanto, o mesmo Senhor vos dará um sinal: eis que uma virgem conceberá, e dará à luz um filho, e será o seu nome: Emanuel” (Is 7.14). Jesus foi gerado pelo poder do Espírito Santo no ventre de uma mulher virgem, para se cumprir a profecia: “Tudo isso aconteceu para que se cumprisse o que foi dito da parte do Senhor pelo profeta, que diz: Eis que a virgem conceberá e dará à luz um filho, e ele será chamado pelo nome de Emanuel. (Emanuel traduzido é: Deus conosco)” (Mt 1.22,23).

 

Os judeus conheciam as profecias sobre a vinda de Jesus: “E o rei Herodes, ouvindo isso, perturbou-se, e toda a Jerusalém com ele. E, congregados todos os príncipes dos sacerdotes e os escribas do povo, perguntou-lhes onde havia de nascer o Cristo. E eles lhe disseram: Em Belém da Judeia, porque assim está escrito pelo profeta: E tu, Belém, terra de Judá, de modo nenhum és a menor entre as capitais de Judá, porque de ti sairá o Guia que há de apascentar o meu povo de Israel” (Mt 2.3-6). 

 

Maria deu à luz Jesus: “E deu à luz o seu filho primogênito, e envolveu-o em panos, e deitou-o numa manjedoura, porque não havia lugar para eles na estalagem” (Lc 2.7). Os magos, que acompanhavam os sinais ditos nas Escrituras, foram adorá-lo: “E, entrando na casa, acharam o menino com Maria, sua mãe, e, prostrando-se, o adoraram; e abrindo os seus tesouros, lhe ofertaram dádivas: ouro, incenso e mirra” (Mt 2.11).

 

Os judeus não creram em Jesus! Para eles, não passava de um simples e humilde carpinteiro: “Não é este o carpinteiro, filho de Maria e irmão de Tiago, e de José, e de Judas, e de Simão? E não estão aqui conosco suas irmãs? E escandalizavam-se dele” (Mc 6.3). Os judeus não receberam Jesus: “Veio para o que era seu, e os seus não o receberam. “Mas a todos quantos o receberam deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus: aos que creem no seu nome” (Jo 1.11,12). E você, já creu e recebeu Jesus?

Fonte: Eloir Vieira