10/07/2020 10:03

O mundo após o arrebatamento - Por Eloir Vieira

“E vi na destra do que estava assentado sobre o trono um livro escrito por dentro e por fora, selado com sete selos” (Ap 5.1).

Is allowance instantly strangers applauded

Todas as pessoas, e a todo tempo de vida na terra, precisa estar preparada para ser arrebatada por Cristo, quando vier arrebatar sua igreja e levar para o céu! Os mortos em Cristo ressuscitarão, e os vivos preparados terão seus corpos mortais transformados em corpos imortais e glorificados para se encontrarem com o Senhor Jesus nos ares: “Num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados” (1ªCo 15.52). 

 

A partir do arrebatamento da igreja, que ninguém sabe quando vai acontecer, inicia-se a contagem da 70ª semana profética com a manifestação do anticristo. Nas profecias ele é “a ponta pequena” (Dn 7.8,25;8.9-12,24,25); é “o príncipe que há de vir” (Dn 9.26; 11.36,37). No Novo Testamento ele é “o homem do pecado, o filho da perdição” (2ªTs 2.3-10); No Apocalipse ele é “o guerreiro montando um cavalo branco” (Ap 6.2); e “a besta que subiu do mar” (Ap 13.1-8). Jesus, recitou a profecia de Dn 9.27 em Mt 24.15.

 

O anticristo será um político ditador cruel, com poder vindo de Satanás. Ele usará de extrema maldade contra todos que se opuserem ao seu governo (pessoas que ficarem para trás no arrebatamento porque não creram no evangelho e rejeitaram a salvação pela graça em Jesus Cristo: “A esse cuja vinda é segundo a eficácia de Satanás, com todo o poder, e sinais, e prodígios de mentira, e com todo engano da injustiça para os que perecem, porque não receberam o amor da verdade para se salvarem” (2Ts 2.9,10). O próprio Satanás atuará por meio desse homem (Jo 12.31; 14.30; 16.11).

 

Enquanto os arrebatados e ressuscitados vão para o tribunal de Cristo no céu para serem julgados e receberem seus galardões (2ªCo 5.10), na terra começa o juízo de Deus aos ímpios e incrédulos. Inicialmente, o surgimento do anticristo: “E, havendo o Cordeiro aberto um dos selos, olhei e ouvi um dos quatro animais, que dizia, como em voz de trovão: Vem e vê! E olhei, e eis um cavalo branco; e o que estava assentado sobre ele tinha um arco; e foi lhe dada uma coroa, e saiu vitorioso e para vencer” (Ap 6.1,2). 

 

O cavaleiro assentado sobre um cavalo branco, tendo um arco na sua mão, simboliza um guerreiro com discurso de paz! A coroa simboliza o poder que lhe será entregue para exercer a função de liderar com o aval de muitos países poderosos. Ele surgirá imitando Jesus Cristo, promovendo paz e amor entre as nações, determinando a união de todos a uma única religião, porém, tudo falsamente para enganar e marcar a cada um que for favorável ao seu governo. Quem aceitar a sua marca e adorar a sua imagem, não será salvo. A salvação nesse tempo, só será possível aos que se recusarem até a morte!

Fonte: Eloir Vieira