29/06/2020 10:07

Como será o arrebatamento da Igreja? - Por Eloir Vieira

“Num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados” (1ªCo 15.52).

Is allowance instantly strangers applauded

O arrebatamento da igreja de Cristo acontecerá repentinamente num piscar de olhos. Todos que possuem o Espírito Santo, ouvirão barulho de festa, gritos e vozes de anjos, e som de trombetas! Num instante, os que morreram em Cristo, ressuscitarão, e os vivos em Cristo serão arrebatados da terra, se reunindo todos com Jesus Cristo acima das nuvens: “Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro; depois, nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor” (1ªTs 4.16,17).

 

Todos os pertences, ficarão no local; somente o corpo será transformado e glorificado para o encontro do Senhor: “Digo-vos que, naquela noite, estarão dois numa cama; um será tomado, e outro será deixado. Duas estarão juntas, moendo; uma será tomada, e outra será deixada. Dois estarão no campo; um será tomado, e outro será deixado” (Lc 17.34-36). Haverá transformação: “E, agora, digo isto, irmãos: que carne e sangue não podem herdar o Reino de Deus, nem a corrupção herda a incorrupção” (1ªCo 15.50). 

 

No momento do arrebatamento, os corpos serão transformados de mortal para imortal: “Porque convém que isto que é corruptível se revista da incorruptibilidade e que isto que é mortal se revista da imortalidade” (1ªCo 15.53); “E, quando isto que é corruptível se revestir da incorruptibilidade, e isto que é mortal se revestir da imortalidade, então, cumprir-se-á a palavra que está escrita: Tragada foi a morte na vitória. Onde está, ó morte, o teu aguilhão? Onde está, ó inferno, a tua vitória?” (1Co 15.54,55). Significado de “aguilhão”: Vara com ponta de ferro perfurante, afiada, para atingir bois.

 

As pessoas que não esperam o arrebatamento iminente, serão pegas de surpresa: “E, como aconteceu nos dias de Noé, assim será também nos dias do Filho do Homem. Comiam, bebiam, casavam e davam se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca, e veio o dilúvio e consumiu a todos. Como também da mesma maneira aconteceu nos dias de Ló: comiam, bebiam, compravam, vendiam, plantavam e edificavam. Mas, no dia em que Ló saiu de Sodoma, choveu do céu fogo e enxofre, consumindo a todos. Assim será no dia em que o Filho do Homem se há de manifestar” (Lc 17.26-30).

 

A igreja precisa estar vigilante, pois, quando chegar o momento, não haverá tempo para se aprontar: “Vigiai, pois, porque não sabeis o Dia nem a hora em que o Filho do Homem há de vir” (Mt 25.13). “Portanto, estai-vos também apercebidos; porque virá o Filho do Homem à hora que não imaginais” (Lc 12.40). Esteja pronto; Jesus está vindo!

Fonte: Eloir Vieira