12/02/2020 07:59

Emagrecimento e motivação: como um projeto de verão pode mudar sua imagem profissional

Ana Dellai é empreendedora, especialista em indicadores de desempenho, sócia na Essência Fit Suplementos de Amambai-MS e professora de Gestão de Negócios e Agronegócio. Foto: Divulgação

Pesquisas atuais apontam que indivíduos com sobrepeso enfrentam constantemente insatisfação corporal, além de doenças provenientes do quadro inflamatório, provocado pela obesidade. 

Além das dificuldades pessoais, uma maioria das pessoas que lutam “contra a balança” acabam investindo menos na sua marca ou imagem pessoal e profissional. E é por isso que eu venho aqui hoje: construir uma carreira, começa em construir um VOCÊ saudável e ativo. 

A sociedade atual valoriza a preocupação com a forma e a apresentação do corpo, e estar fora desse padrão imposto pela mídia reflete que apenas as pessoas magras são alegres e bem-sucedidas. Por estes fatores, o indivíduo acaba tomando atitudes que estão sujeitas a prejudicar a saúde, com o uso de medicamentos e hábitos alimentares errados. 

Cerca de 35% dos adultos de 60 anos de idade estão a cima do peso ideal, dificultando a função física e provocando fragilidade, comprometendo a qualidade de vida.  Por essa razão para amenizar os riscos e diminuir o sedentarismo na população, projetos e desafios de emagrecimento ganham mais força. 

No entanto, manter a perda de peso é um dos maiores desafios. As pessoas perdem a motivação e diminuem os esforços antes do projeto ter se tornado um estilo de vida. Por isso é fundamental você olhar para o emagrecimento não como uma exigência da sociedade, mas como um ganho para a sua saúde (se for o protocolo indicado para você) e uma oportunidade de crescimento pessoal e profissional. 

No campo corporativo, sua imagem fala primeiro. No cenário atual, marcado por constantes transformações e profissionais cada vez mais capacitados, o marketing pessoal ganhou mais espaço e diferentes visões. 

Investir na sua imagem profissional te destaca no meio, por isso você deve estar alinhado com a missão e o proposito da profissão que você escolheu. Qual a avaliação que você faz ao ir em um nutricionista que está obeso? E como seria ser atendido por um dentista com dentes cariados? E agora, como é ser tendido por um vendedor mal-humorado? A expressão corporal e facial de um individuo passa uma informação antes dele ser conhecido. 

Na área do Marketing, Kotler afirma que a identificação individual do profissional passa por um conjunto de fatores de relevância. É preciso gerar confiança e conquistar um relacionamento duradouro. 

Um bom profissional deve saber utilizar as ferramentas do marketing pessoal, e hoje ainda mais forte os conceitos de Branding, para fortalecer sua carreira e se desenvolver profissionalmente. Investir na sua saúde física vai render frutos para sua imagem pessoal. Emagrecimento é apenas o primeiro passo. Existem outros fatores que precisam ser considerados para a criação de uma imagem e marca profissional. 

Comece se identificando com uma nutricionista da sua confiança para elaborar sua reeducação alimentar (lembra que falamos que a imagem passa confiança? Exercite agora!). Descubra quais suplementos podem te ajudar no processo de perda de peso, como os que promovem a termogênese, por exemplo, e faça uma atividade física! Movimente-se. 

Mas se você já passou pelo processo de emagrecimento e quer saber como ganhar massa muscular, vamos falar de hipertrofia muscular na próxima semana. Acompanhe mais dicas no nosso Instagram @essenciafitsuplementos.

Referências 

Ventura T, Rodrigues G, Knijnik J. Corpo Feminino: A imagem corporal de mulheres com deficiência física praticantes de exercícios físicos. Revista PULSAR. 2014; 3(1): 21-34.

Viana, H. B., Santos, E. G. D. C., & Monteiro, O. B. (2017). Imagem corporal, perfil lipídico e nível de atividade física de mulheres em projeto de emagrecimento. Revista Ciência & Saúde Coletiva21(1), 51-58.

Villareal DT, Chode S, Parimi N, Sinacore DR, Hilton T, Armamento-Villareal R, et al. Weight loss, exercise, or both and physical function in obese older adults. NEJM. 2011; 364(13): 1218-29.

Wenzel, N. T. A. (2017). MARKETING PESSOAL–O DESENVOLVIMENTO PESSOAL COMO DIFERENCIAL DO PROFISSIONAL DO SÉCULO XXI. REGENT: Revista Eletrônica de Gestão, Engenharia e Tecnologia da Faculdade de Tecnologia de Piracicaba2(1).

Fonte: Ana Dellai