25/10/2019 10:53

O que é Nascer de Novo? - Por Eloir Vieira

“Não te maravilhes de ter dito: Necessário vos é nascer de novo” (Jo 3.7).

Is allowance instantly strangers applauded

O apóstolo João escreveu sobre o encontro de Jesus com Nicodemos, mestre de Israel, príncipe dos judeus. Pelas palavras de Nicodemos, observamos que tanto ele como os demais anciões religiosos de Israel, acreditavam que Jesus não era um charlatão, um falso profeta, apesar de terem acusado Jesus disso, mas acreditavam que os milagres que fazia só poderiam vir do Deus Altíssimo. Nicodemos revelou isso a Jesus: “E havia entre os fariseus um homem chamado Nicodemos, príncipe dos judeus. Este foi ter de noite com Jesus e disse-lhe: Rabi, bem sabemos que és mestre vindo de Deus, porque ninguém pode fazer estes sinais que tu fazes, se Deus não for com ele” (Jo 3.1,2).

 

Jesus surpreendeu Nicodemos com uma revelação incrível e incompreensível até mesmo por religiosos que não têm discernimento da Palavra de Deus: “Jesus respondeu e disse-lhe: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer de novo não pode ver o Reino de Deus” (Jo 3.3). Nicodemos ficou atônito: “Disse-lhe Nicodemos: Como pode um homem nascer, sendo velho? Porventura, pode tornar a entrar no ventre de sua mãe e nascer? Jesus respondeu: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer da água e do Espírito não pode entrar no Reino de Deus. O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do Espírito é espírito” (Jo 3-5).

 

O novo nascimento consiste em, primeiro: passar por um processo de regeneração, mudança de comportamento, novas atitudes; renúncia de vícios, maus costumes, palavras torpes, idolatrias, abandono das concupiscências da carne, concupiscências dos olhos, soberba da vida; quem pratica essas coisas, o amor de Deus não está nele (1ªJo 2.15-17). Quem se converte realmente a Cristo, morre para o mundo e nasce uma nova criatura em Cristo Jesus: “Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo” (2ªCo 5.17). Isto é preparação para entrar no Reino de Deus. Quem diz ser cristão e não se converte, não nasceu de novo!

 

Quando cremos em Deus e entregamos a nossa vida ao Senhor Jesus, deixamos a nossa velha vida para trás e nascemos de novo; pela fé em Cristo, renunciamos a velha vida de pecados e passamos a ser tratados como filhos de Deus: “Porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé” (1ªJo 5.4); “Qualquer que é nascido de Deus não vive na prática do pecado; porque a sua semente permanece nele; e não pode viver pecando, porque é nascido de Deus” (1ªJo 3.9).

 

No arrebatamento, o corpo natural será transformado literalmente num corpo imortal, glorificado, para então, entrar no Reino de Deus: “Num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados. Porque convém que isto que é corruptível se revista da incorruptibilidade e que isto que é mortal se revista da imortalidade” (1ªCo 15.52,53). “Não te maravilhes de ter dito: Necessário vos é nascer de novo” (Jo 3.7).

Fonte: Eloir Vieira