13/09/2019 09:49

O arrebatamento da Igreja e a Segunda Vinda de Cristo - Por Eloir Vieira

“Por isso, estai vos apercebidos também, porque o Filho do Homem há de vir à hora em que não penseis” (Mt 24.44).

Is allowance instantly strangers applauded

 

O arrebatamento da igreja e a segunda vinda de Cristo são dois eventos distintos. O arrebatamento poderá acontecer a qualquer dia e hora, sem aviso: “Mas, irmãos, acerca dos tempos e das estações, não necessitais de que se vos escreva; porque vós mesmos sabeis muito bem que o Dia do Senhor virá como o ladrão de noite” (1ªTs 5.1,2).

 

Esta carta de Paulo, e Silvano, e Timóteo, à igreja dos tessalonicenses... (1ªTs 1.1), descreve sobre o arrebatamento iminente; ou seja, acontecerá sem aviso, como um ladrão entra numa casa, num dia e hora em que ninguém espera: “Porque vós mesmos sabeis muito bem que o Dia do Senhor virá como o ladrão de noite” (1ªTs 5.2).

 

Ou também, como uma grávida que não sabe em que dia e hora dará à luz; quando tudo parece calmo, eis que acontece sem aviso: “Pois que, quando disserem: Há paz e segurança, então, lhes sobrevirá repentina destruição, como as dores de parto àquela que está grávida; e de modo nenhum escaparão” (1ªTs 5.3).

 

Entretanto, o arrebatamento só será surpresa para quem não crê ou não espera a vinda de Cristo iminente. A igreja não será surpreendida, pois; espera ataviada para ser levada ao encontro do Noivo acima das nuvens a qualquer momento: “Mas vós, irmãos, já não estais em trevas, para que aquele Dia vos surpreenda como um ladrão; porque todos vós sois filhos da luz e filhos do dia; nós não somos da noite nem das trevas” (1ªTs 5.4,5).

 

Jesus descerá do céu com grande alegria, e arrebatará a igreja para Ele acima das nuvens: “Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro; depois, nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor” (1ªTs 4.16,17).

 

Já a segunda vinda de Cristo, será precedida de sinais nunca vistos antes, o que diferencia do arrebatamento da igreja que acontecerá sem aviso, como um ladrão: “E, logo depois da aflição daqueles dias, o sol escurecerá, e a lua não dará a sua luz, e as estrelas cairão do céu, e as potencias dos céus serão abaladas. Então, aparecerá no céu o sinal do Filho do Homem; e todas as tribos da terra se lamentarão e verão o Filho do Homem vindo sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória” (Mt 24.29,30). 

 

Note: “E haverá sinais no sol, e na lua, e nas estrelas, e, na terra, angústia das nações, em perplexidade pelo bramido do mar e das ondas; homens desmaiando de terror, na expectação das coisas que sobrevirão ao mundo, porquanto os poderes do céu serão abalados. E, então, verão vir o Filho do Homem numa nuvem, com poder e grande glória” (LC 21.25-27). “Eis que vem com as nuvens, e todo olho o verá, até os mesmos que o traspassaram; e todas as tribos da terra se lamentarão sobre ele. Sim! Amém!” (AP 1.7). Estejamos, pois, preparados para o arrebatamento a qualquer momento!

Fonte: Eloir Vieira