23/08/2019 09:11

A igreja Salva? - Por Eloir Vieira

Is allowance instantly strangers applauded

 

Quem salva é Jesus Cristo e não uma denominação religiosa! Independente de instituição religiosa, placa de igreja, onde uma determinada congregação se reúne para cultuar a Deus, todos os cristãos são salvos por Jesus Cristo, não por pertencer a uma determinada denominação. O que menos importa é a placa com o nome da igreja e a data da sua fundação. E o que mais importa é a doutrina aplicada em cada igreja cristã.

 

Desde o início da igreja de Cristo, muitas denominações se estabeleceram e até hoje estão espalhadas pelo mundo. O importante numa instituição cristã são as doutrinas praticadas, que devem ser as estabelecidas por Jesus Cristo e não inventadas conforme o entendimento e a vontade do homem. Todos os servos de Cristo são chamados cristãos e seguem os ensinamentos de Cristo, independente da igreja onde estão: “E sucedeu que todo um ano se reuniram naquela igreja e ensinaram muita gente. Em Antioquia, foram os discípulos, pela primeira vez, chamados cristãos” (Atos 11.26).

 

É inadmissível e inconcebível que determinadas denominações ensinem que somente quem é membro da sua instituição religiosa, sua igreja, sua congregação é que será salvo; isso não é verdade! Se fosse verdade, Jesus teria estabelecido tal nome da denominação a quem todos deveriam pertencer e congregar. Para Jesus, na verdade, o nome da instituição não importa; o que importa é a fé de cada pessoa. Quem crê em Jesus Cristo, entrega sua vida a Ele e tem comunhão com Ele, abrindo mão do pecado e vivendo uma vida de santificação, convertido realmente a Cristo, já é salvo e não entrará em condenação; e isso independe de, a qual congregação ou denominação pertença!

 

Toda igreja cristã, deve seguir as doutrinas dos apóstolos e de Cristo. Ao contrário, só tem nome de cristã: “De sorte que foram batizados os que de bom grado receberam a sua palavra; e, naquele dia, agregaram-se quase três mil almas. E perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações. Em cada alma havia temor, e muitas maravilhas e sinais se faziam pelos apóstolos” (At 2.41-43).

 

O que importa são as atitudes de cristão e não a aparência! Seja igreja “A, “B, ou “C; o que conta para Deus é que haja unidade entre os irmãos em Cristo, como foi no início: “Todos os que criam estavam juntos e tinham tudo em comum” (At 2.44); louvando a Deus na igreja e fora dela: “E, perseverando unânimes todos os dias no templo e partindo o pão em casa, comiam juntos com alegria e singeleza de coração” (At 2.46). 

A igreja não salva; mas todo salvo deseja louvar a Deus que o salvou numa igreja!

Fonte: Eloir Vieira