16/08/2019 13:50

Haverá salvação após o arrebatamento? - Por Eloir Vieira

“O sol se converterá em trevas, e a lua, em sangue, antes de chegar o grande e glorioso Dia do Senhor; e acontecerá que todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo” (Atos 2.20,21).

Is allowance instantly strangers applauded

 

Até o arrebatamento da igreja a salvação é pela graça; a pessoa se arrepende dos seus pecados e é batizada para ser salva: “E disse-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para perdão dos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo” (At 2.38). “A saber: Se, com a tua boca, confessares ao Senhor Jesus e, em teu coração, creres que Deus o ressuscitou dos mortos, será salvo. Visto que com o coração se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação” (Rm 10.9,10). É preciso se converter, mudar as atitudes antigas, seguir um novo estilo de vida: “Arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para que sejam apagados os vossos pecados, e venham, assim, os tempos do refrigério pela presença do Senhor” (AT 3.19). 

 

Toda pessoa que creem verdadeiramente em Jesus, espera o arrebatamento da igreja para se encontrar com Cristo e viver para sempre em paz com Deus. Após o arrebatamento haverá chance de salvação, porém, não mais pela graça mas em meio a grande tribulação, desde que, diante da morte, a pessoa tenha tempo de clamar salvação a Jesus: “Porque todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo” (Rm 10.13).

 

Não é nada sensato, arriscar perder o arrebatamento, na esperança de conseguir a salvação em meio a tanto terror que virá depois. Após o arrebatamento, vem o juízo de Deus sobre os filhos da desobediência: “E, por isso, Deus lhes enviará a operação do erro, para que creiam a mentira, para que sejam julgados todos os que não creram a verdade; antes, tiveram prazer na iniquidade” (2ªTs 2.11,12).

 

Após o arrebatamento vem o castigo: “O Grande Dia do SENHOR está perto”. Será um dia de indignação, de angústia e de ânsia, dia de alvoroço e de desolação, dia de nuvens, de escuridão e densas trevas; dia de trombeta e de alarido (Sf 1.14-18). “Uivai, porque o Dia do SENHOR está perto; vem do Todo-Poderoso como assolação. Pelo que todas as mãos se debilitarão, e o coração de todos os homens se desanimará. E assombrar-se-ão, e apoderar-se-ão deles dores e ais, e se angustiarão como a mulher parturiente; cada um se espantará do seu próximo; o seu rosto será rosto flamejante” (Isaías 13.6-8). 

 

O arrebatamento é a maneira em que Deus livrará a igreja da grande tribulação, da Grande Ira do Senhor, que cairá sobre toda a terra: “Como guardaste a palavra da minha paciência, também eu te guardarei da hora da tentação que há de vir sobre todo mundo, para tentar os que habitam na terra” (AP 3.10); “Porque Deus não nos destinou para a ira, mas para a aquisição da salvação, por nosso Senhor Jesus Cristo, que morreu por nós, para que, quer vigiemos, quer durmamos, vivamos juntamente com ele” (1Ts 5.9,10). “Porque é vindo o grande Dia da sua ira; e quem poderá subsistir?” (Ap 6.17).

Fonte: Eloir Vieira