12/07/2019 14:16

Como vamos nos apresentar a Cristo? - Por Eloir Vieira

“De maneira que cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus” (Romanos 14.12).

Is allowance instantly strangers applauded

Sabemos que cedo ou tarde, todos nós morremos fisicamente. O corpo natural é sepultado ou cremado, e o espírito se integra novamente ao Criador: “E o pó volte à terra, como o era, e o espírito volte a Deus, que o deu” (Eclesiastes 12.7). 

O fato de este versículo citar apenas corpo e espírito, não quer dizer que somos compostos somente desses dois elementos, pois, somos três: “E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e todo o vosso espírito, e alma, e corpo sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo” (1ªTs 5.23). Essa vinda será quando Jesus vir buscar a sua igreja no arrebatamento. Esteja pronto!

Mesmo esses três elementos sendo unidos, há distinção entre espírito, alma e corpo: “Porque a palavra de Deus é viva, e eficaz, e mais penetrante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até a divisão da alma, e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração” (Hb 4.12).

O Senhor Jesus, falou claramente sobre o corpo e a alma: “E não temais os que matam o corpo e não podem matar a alma; temei, antes, aquele que pode fazer perecer no inferno a alma e o corpo” (Mt 10.28). Disse também que, o mendigo morreu e foi levado pelos anjos para um lugar de descanso e paz; e o rico foi sepultado e levado para um lugar de tormento (Lc 16.22-26). É certo que é a alma e não o corpo que vai para a eternidade. 

Muitos se preocupam apenas com esta vida terrena, acumulando bens materiais, que nem tudo consegue comprar. Por exemplo: A cura de muitos tipos de doenças; saúde por tanto tempo como gostaria; e pior, nada pode levar para a sua eternidade, nem comprar a salvação. Disse Jesus: “Pois que aproveitaria ao homem ganhar todo o mundo e perder a sua alma?” (Mc 8.36). O mais importante é a nossa eternidade!

Temos um Criador, temos um Salvador, mas temos também um Juiz, que vai julgar a cada um de nós, e nos dar exatamente aquilo que merecermos pelo que fomos e fizemos, ou deixamos de fazer de bem ou de mal enquanto vivíamos neste corpo natural: “Porque todos devemos comparecer ante o tribunal de Cristo, para que cada um receba segundo o que tiver feito por meio do corpo, ou bem ou mal” (2ªCo 5.10).

Como você vai se apresentar a Cristo? Após a morte, nada mais podemos mudar. Porque o que vem é o juízo: “E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso, o juízo” (Hebreus 9.27). Não perca a sua salvação! É de graça!

Fonte: Eloir Vieira