10/10/2019 08:25

Violinista conhecido em Amambai perde a vida em acidente na Capital

Juninho se apresentou na entrega do título de cidadão amambaiense do ano passado (2018) em Amambai. Foto: Vilson Nascimento

Maestro do Coral Guarani, mantido pelo Consulado Paraguaio em Campo Grande, violinista e violeiro conhecido no Brasil e Paraguai, foi Mario Fonseca Junior, de 40 anos, o Juninho Fonseca, quem se despediu da vida na noite desta terça-feira (8) em acidente na Avenida Cônsul Assaf Trad.

Conforme o registro policial sobre o caso, a vítima atingiu o veículo no momento em que o condutor, de 42 anos, fazia uma conversão para adentrar na avenida, próximo ao condomínio Alphaville. Mario pilotava uma motocicleta modelo Honda Falcon no mesmo sentido da Range Rover e bateu na lateral esquerda do veículo.

Após a colisão, a vítima foi encaminhada por uma viatura do Corpo de Bombeiros até a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Nova Bahia, mas não resistiu. A Polícia Militar e a equipe plantonista da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro, acompanhada da perícia estiveram no local.

Nascido em Ponta Porã, Juninho Fonseca deixou mulher e quatro filhos, três meninas de 1, 3 e 12 anos, e um adolescente de 16 anos.Deixou também muitos amigos, que já postaram homenagens a ele nas redes sociais. “É com muita tristeza no coração que venho aqui informar a todos os amigos e colegas músicos que Deus chamou meu companheiro, amigo e parceiro Mário Fonseca Júnior, o grande Juninho Fonseca para alegrar o céu com suas músicas, cantando e tocando o seu violão como ninguém!!”, publicou Claudiney Guimarães Alves. O post foi replicado dezenas de vezes.

Fonte: Campo Grande News