03/07/2022 14:09

Palestra e oficina interativa no MIS buscam discutir o saber-fazer Guarani e Kaiowá em MS

Is allowance instantly strangers applauded

Com a proposta de ampliar o processo e discussão da exposição “Mba’ekuaa: o saber-fazer Guarani e Kaiowá”, inaugurada no MIS em abril de 2022, será realizada uma apresentação do processo de pesquisa realizado pelo Departamento de Antropologia do Museu Britânico, com os pesquisadores e colaboradores, visando discutir e ampliar os processos de pesquisa dos saberes tracionais e principalmente dinamizar as possibilidades de acesso a esses produtos antropológicos.

O evento será híbrido, presencial e online, no dia 5 de julho de 2022, com palestras com pesquisadores e colaboradores do projeto, às 10 horas, e uma oficina interativa, a partir das 14 horas, no auditório do MIS, na Avenida Fernando Corrêa da Costa, 559, Vila Carvalho.

Este evento apresenta o Acervo Digital Guarani e Kaiowá e introduz os colaboradores globais que compõem esse projeto juntamente com as comunidades: o Instituto para o Desenvolvimento da Arte e da Cultura (IDAC) e o Laboratório de Antropologia Multimídia da Universidade de Londres (UCL MAL).

Realizado com o apoio do Endangered Material Knowledge Programme do British Museum (2021), o UCL Grand Challenges (2021) e o UCL Centre for Coming Heritage Studies (2022), o projeto engaja com debates globais sobre o papel que museus e acervos de patrimônio cultural ocupam na sociedade contemporânea. Para isso, convida as comunidades Guarani e Kaiowá a repensar os métodos, as técnicas e as relações sociais através das quais museus são criados e utilizados.

Agendas

A sessão da manhã apresenta um evento híbrido composto por uma mesa redonda em que pesquisadores, instituições, membros da comunidade e artistas multimídia apresentam o projeto e sua metodologia participativa. Situando, dessa forma, debates contemporâneos que questionam a exclusão histórica de comunidades locais na curadoria e preservação de sua cultura, o que resulta na sua exclusão no processo de imaginação de um futuro coletivo.

A sessão da tarde apresentará uma oficina interativa em que o Museu Virtual Guarani e Kaiowá será apresentado nos óculos de realidade virtual, e o público será convidado a engajar com o acervo sonoro Guarani e Kaiowá a partir de uma experiencia interativa.

A exposição "Mba’ekuaa: o saber-fazer Guarani e Kaiowá" fica aberta ao público até o fim de agosto, no MIS-MS. Para saber mais sobre a exposição, clique AQUI.

Acesse a programação do evento do dia 5 de julho de 2022, clicando AQUI.

Karina Lima, FCMS
Foto: FCMS

Fonte: Assessoria Governo do MS