29/12/2021 11:04

Inmet alerta para tempestades em 17 cidades de MS nesta quarta

Is allowance instantly strangers applauded

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu alerta para risco de tempestades em 17 cidades de Mato Grosso do Sul, nesta quarta-feira (29).

Conforme o alerta que se estende até às 12 horas, a previsão é de chuvas entre 30 e 60 mm/h ou 50 e 100 mm/dia, ventos intensos entre 60 e 100 km/h, e queda de granizo. Há, ainda, o risco de corte de energia elétrica, estragos em plantações, queda de árvores e de alagamentos.

O alerta é para as seguintes cidades: Água Clara, Anaurilândia, Aparecida do Taboado, Bataguassu, Brasilândia            , Camapuã, Campo Grande, Chapadão do Sul, Inocência, Nova Alvorada do Sul, Nova Andradina, Paraíso das Águas, Paranaíba, Ribas do Rio Pardo, Santa Rita do Pardo, Selvíria e Três Lagoas.

Cuidados:

O coordenador Estadual de Defesa Civil, tenente-coronel Fábio Catarineleli, alerta para os cuidados que a população deve ter durante esse alerta, principalmente em áreas de alagamento. “Sempre que estiver em seu veículo, e verificar uma área alagada é importante buscar uma rota alternativa. Nesses locais a água geralmente é suja e acaba escondendo os defeitos da via, e muitas vezes não se verifica a profundidade. É importante ver se a água ultrapassou o meio-fio, caso tenha ultrapassado é importante buscar essa rota alternativa”, disse.

Catarineleli ainda acrescenta que, no caso de tempestades de raios, não se deve buscar abrigo debaixo de árvores. “Deve-se tomar cuidado onde estacionar os veículos, evitando estacionar próximo à placas grandes, durante a tempestade tirar aparelhos eletrônicos das tomadas, principalmente não usar o celular ligado na energia. A gente sempre orienta a população a não se colocar em situação de risco”, completou.

Para receber alertas da Defesa Civil de MS, basta se cadastrar enviando o CEP da residência por SMS para o número 40199.

Para mais informações junto à Defesa Civil o telefone é 199, e ao Corpo de Bombeiros: 193.

Joilson Francelino, Subcom
Foto: Saul Schramm

 

Fonte: Assessoria Governo do MS