23/02/2021 16:13

No dia Nacional do Movimento Municipalista, gestores destacam administração com foco nas pessoas em MS

Is allowance instantly strangers applauded

Fazer uma gestão voltada para a melhoria na qualidade de vida das pessoas sempre foi o foco da gestão do governador Reinaldo Azambuja. Conhecer de perto as necessidades da população dos 79 municípios sul-mato-grossenses e elencar as prioridades para planejar o atendimento das principais demandas só foi possível através de uma gestão municipalista.

Esse modelo de gestão tem até um dia nacional que reforça a importância do diálogo e aproximação entre gestores e comunidades. A Lei n. 12.639/2012 instituiu o dia 23 de fevereiro como o Dia Nacional do Movimento Municipalista Brasileiro.

Responsável pela articulação política com a capital do Estado, Carlos Alberto de Assis acredita que o principal legado que a gestão atual deixará para os 79 municípios do Estado serão entregas em áreas diversas e também em locais que a população se sentia esquecida pelo poder público.

“Para que se faça um bom governo, um governo que dê certo, a gente precisa de um governador que seja estadista que esteja acima de partidos e divergências políticas. E o Reinaldo é um grande estadista, ouve os prefeitos, ouve os vereadores, que são os representantes do povo daquele município. E dessa forma ele consegue elencar as prioridades de cada região e fazer as entregas por etapas”.

Sobre as demandas elencadas em Campo Grande no Governo Presente - maior pacote de obras da história de Mato Grosso do Sul - ele cita o recapeamento de ruas não só na área central como a Avenida Mato Grosso, mas também em bairros que esperaram por décadas como o caso da grande Nova Lima, Tarsila do Amaral, Oscar Salazar, Jardim Anache, Jardim Iguatemi. São inúmeras obras executadas, a exemplo da reforma do Guanandizão, e a executar, como a segunda entrada das Moreninhas.

“Nunca um governo enfrentou tantas crises como o Governo Estadual. No cenário político, econômico e agora a de saúde com a pandemia. Mas ainda assim, temos avançado. Fazendo gestão com planejamento e foco, vamos sobrevivendo a cada uma delas. É um dia importante porque você constrói a política, você faz política ouvindo as pessoas”, destaca Assis.

O presidente da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul) e prefeito de Nioaque, Valdir Couto Júnior destaca a importância do Dia Nacional do Movimento Municipalista e afirma que o Estado tem avançado nesse sentido.

“O governador Reinaldo que já passou pela experiência de ser prefeito, esteve nas bancadas estadual e federal, sabe a importância da gestão municipalista e vem demonstrando isso desde 2015. No passado, nós prefeitos tínhamos uma preocupação com a distribuição das emendas, mas isso hoje para nós é uma segurança, pois o Governo do Estado é quem dá a contrapartida e as entregas chegam nos municípios para todas as áreas”, afirma.

No inicio de 2020 o Governo do Estado lançou o Governo Presente que prevê investimentos de R$ 4,2 bilhões em infraestrutura, saúde, educação e segurança pública, entre outras áreas. O programa é considerado o maior pacote de obras já lançado na história do Mato Grosso do Sul e contempla os 79 municípios do Estado. 

Mireli Obando, Subcom
Foto: Chico Ribeiro

 

Fonte: Assessoria Governo do MS