26/05/2020 19:45

Pagamento da primeira parcela do edital “MS Cultura Presente” está disponível a todos os artistas selecionados

Is allowance instantly strangers applauded

Com o pagamento nesta terça-feira (26) da primeira parcela de R$ 900,00 do edital emergencial “MS Cultura Presente” a todos os artistas selecionados (conforme publicação no Diário Oficial 10.156, de 28 de abril de 2020), a Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS) deve lançar já na próxima semana o edital emergencial “MS Cultura Presente II”. O valor disponibilizado a cada um dos artistas aprovados é de R$ 1.800,00 divididos em duas parcelas iguais.

Conforme a diretora-presidente da FCMS, Mara Caseiro, a próxima parcela deverá ser paga entre os dias 10 e 20 do próximo mês. “Agradeço o governador Reinaldo Azambuja e o secretário de Governo, Eduardo Riedel, que desde o primeiro momento foram apoiadores dessa ação em prol dos artistas do nosso Estado. Eles me pediram para que eu sempre estivesse informando-os do passo a passo do edital, para que finalizado o processo burocrático, os pagamentos fossem realizados”, disse ela.

Como não foram preenchidas as 722 vagas disponibilizadas neste primeiro edital, a diretora-presidente informa que o próximo processo emergencial será aberto para cumprimento das vagas remanescentes. “As 146 vagas que restaram serão disponibilizadas nesse segundo edital. Além dos segmentos já contemplados anteriormente, iremos possibilitar a participação de alguns profissionais da área cultural e de outras áreas como, por exemplo, a gastronomia”, informou.

Com previsão de lançamento do “MS Cultura Presente II”, na semana que vem, Mara ressaltou o empenho da equipe da Fundação de Cultura e do Conselho Estadual de Políticas Culturais de Mato Grosso do Sul (CEPC/MS), nesses processos emergenciais que têm como principal objetivo minimizar os efeitos da pandemia do coronavírus no setor cultural. “Sabemos que os artistas e todos aqueles que sobrevivem da arte e da cultura foram prejudicados com esta pandemia. Por isto, desenvolvemos com o Conselho Estadual de Cultura e com o apoio do Governo do Estado, estas ações que visam auxiliar estes profissionais. Agradeço, portanto, a todos que têm participado com total dedicação a este trabalho em benefício dos nossos artistas sul-mato-grossenses”, concluiu Mara Caseiro.

Texto: Tavane Ferraresi – Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS)

Foto: Arquivo

Fonte: Assessoria Governo do MS