23/06/2020 14:48

Seleção paraguaia volta a treinar com foco nas eliminatórias da Copa

Pais registra 1.392 infectados e um total de 13 mortes por covid-19

Is allowance instantly strangers applauded

Enquanto não há previsão de início do Campeonato Brasileiro e os Estaduais seguem em processo de retomada, devido à curva ascendente no país do número de casos do novo coronavírus (covid-19), no Paraguai, o retorno do futebol tem data marcada e até a seleção do país começou a treinar. O país registrou 1.392 casos confirmados e um total de 13 mortes por covid-19, segundo relatório emitido ontem (22) pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Para os clubes, o Torneo Apertura - campeonato nacional - volta no dia 17 de julho, já a seleção paraguaia pode focar no possível começo das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, em setembro deste ano. Pelo calendário original, a previsão é de que o Paraguai enfrente a Argentina no dia 3 de setembro, e a Bolívia, no dia 8 de setembro.

A Associação Paraguaia de Futebol (AFP) publicou em nota oficial que sete jogadores constantemente convocados pelo técnico Eduardo Berizzo começaram a treinar no Centro de Alto Rendimento da seleção paraguaia, localizado na cidade de Ypané.

Antony Silva, Robert Rojas, Saúl Salcedo, Aldo Maíz, Lorenzo Melgarejo, Ángel Romero e Óscar Romero passaram por exames médicos e depois fizeram trabalhos físicos e técnicos no campo, acompanhados pelo assistente técnico Mariano Uglessich e pelo fisioterapeuta Emilio Garciarena. A expectativa da AFP é de receber mais jogadores no decorrer da semana, dependendo da aprovação de seus respectivos clubes.

A notícia repercutiu na Argentina. Na última semana, o presidente da Associação de Futebol Argentino (AFA), Claudio Tapia, revelou que os treinos de futebol no país só retornariam quando todas as regiões estivessem com risco baixo de contaminação pela covid-19. Porém, cinco dos sete jogadores que estão com a seleção paraguaia atuam no Campeonato Argentino: os irmãos Óscar e Ángel Romero (San Lorenzo), Antony Silva e Saúl Salcedo (Huracán) e Robert Rojas (River Plate). De acordo com o diário esportivo argentino Olé, Cecilio Domínguez (Independiente) também pode se juntar ao grupo.

O futebol brasileiro também conta com jogadores da seleção paraguaia. No Botafogo, o elenco voltou a treinar nesta semana, porém Gatito Fernández não se reapresentou. O goleiro está no Paraguai e ainda não conseguiu retornar ao Brasil. Situação semelhante no Palmeiras. O único atleta do elenco que não fez o primeiro teste para a covid-19 foi justamente o zagueiro Gustavo Gómez, que ficou no Paraguai durante a paralisação do futebol e, de acordo com o clube, encontra dificuldades para voltar.

Fonte: Agência Brasil